CORONAVÍRUS

No Maranhão

1169
330768
286576
9433
COVID-19

Número de mortes de gestantes por Covid-19 é mais que o dobro da média no Brasil

Gestantes e puérperas registram 7,2% da taxa de letalidade, número maior que o dobro da taxa de registros no Brasil (equivalente a 2,8%)

Foto: Reprodução/Ana Nascimento

Na última sexta-feira (04), a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) divulgou o último Boletim do Observatório Covid-19 que gestantes e puérperas (mulheres que tiveram filhos há até 45 dias) registram 7,2% da taxa de letalidade. Esse número é maior que o dobro da taxa de registros no Brasil (equivalente a 2,8%).

Entre os primeiros quatro meses de 2021 (de janeiro a abril), um crescimento de casos em gestantes e puérperas, e de óbitos maternos por covid-19, foram registrados em 12 países, de acordo com um estudo sobre a pandemia nas Américas (em que consta no boletim).

De acordo como Observatório Obstétrico Brasileiro Covid-19, os óbitos maternos em 2021 superaram o número notificado em 2020. No ano de 2020, foram 544 óbitos em gestantes e puérperas por covid-19 no país, com média semanal de 12,1 óbitos, considerando que a pandemia se estendeu por 45 semanas epidemiológicas nesse ano. Até 26 de maio de 2021, transcorridas 20 semanas epidemiológicas, foram registrados 911 óbitos, com média semanal de 47,9 óbitos.

VER COMENTÁRIOS
Entretenimento e Cultura
Esportes
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias