CORONAVÍRUS

No Maranhão

2623
306952
267991
8681
COVID-19

Anvisa autoriza uso emergencial de coquetel contra a covid-19

Os medicamentos Banlanivimabe e Etesevimabe, da empresa Eli Lilly do Brasil, foram autorizado por 12 meses

Foto: Reprodução

Foi aprovado nesta quinta-feira (13) pela  Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) o uso em caráter emergencial de um novo coquetel de anticorpos para o tratamento de pacientes com covid-19. Foi analisado que o uso combinado dos medicamentos Banlanivimabe e Etesevimabe, da empresa Eli Lilly do Brasil, para casos em estágios iniciais traz benefícios, ainda que permaneçam algumas incertezas.

Segundo as análises da equipe técnica da agência, os anticorpos objetivam neutralizar o vírus antes que ele entre na célula e têm potencial de eficácia maior quando empregados conjuntamente do que no uso individual. Quando utilizados juntos, os dois medicamentos podem reduzir em até 70% a incidência da covid-19. Tal eficácia se daria em pacientes que ainda não tenham evoluído para quadro grave e tenham alto risco de progressão.

A aplicação deve ser feita somente em hospitais, em que há estrutura disponível e e profissionais que realizam o procedimento e sua comercialização é proibida.  A Anvisa não indicou o uso em pacientes com quadros graves, situações em que o coquetel pode agravar o problema.

O uso emergencial foi autorizado por 12 meses. O tempo de espera para uso do coquetel, após aberto, não pode ser superior a 24 horas em ambiente refrigerado e sete horas em temperatura ambiente.

VER COMENTÁRIOS
Entretenimento e Cultura
Esportes
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias