CORONAVÍRUS

No Maranhão

4074
184668
177115
4014
PANDEMIA

Com redução de casos da Covid-19 pela terceira semana seguida, Imperatriz flexibiliza novas atividades

Apresentações artísticas e ensino presencial estão entre as liberações.

Reprodução

Quase seis meses depois do primeiro caso confirmado da Covid-19 em Imperatriz, dia 26 de março, a segunda maior cidade do Estado chega perto dos 6 mil casos (5.973), conforme os dados da Plataforma Estadual atualizados até às 18h30 de ontem (20),
mas com uma situação bem diferente do que pode ser considerado o auge da pandemia no Estado, meses de abril e maio.

A cidade tem hoje uma rotina mais tranquila no enfrentamento à doença, quanto aos atendimentos de saúde por suspeita da Covid-19, o que se confirma com os números decrescentes divulgados diariamente pela Secretaria Estadual de Saúde (SES). No último boletim foram registrados apenas 6 novos casos.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Semus), hoje o município monitora 95 casos ativos, confirmados em laboratório, que representam 1,65% dos casos ativos no Maranhão, 5.753.

Numa análise dos dados especialmente neste mês de setembro, pela terceira semana seguida Imperatriz registra queda de novos casos por coronavírus. Na segunda quinzena de agosto a cidade confirmou 427 casos, na primeira quinzena de setembro o número caiu quase pela metade, 251, e entre 16 e 19 de setembro surgiram apenas 20 novos casos. Na primeira semana de setembro o número de casos ativos chegou a 148, na segunda o máximo foi de 117.

O que a Semus considera um certo controle da doença também se deve à ação preventiva e diagnóstico precoce para que os casos sejam tratados ainda na forma mais leve. O atendimento exclusivo à Covid-19 na atenção básica continua sendo realizado em três ambulatórios da cidade: Unidade Básica de Saúde Milton Lopes, Unidade Cafeteira e no posto de saúde do bairro Vila Nova.

Unidade Básica de Saúde Milton Lopes, exclusiva para casos de Covid-19. Foto: Reprodução

“Já atendemos mais de 8 mil pessoas desde abril nos ambulatórios, todos passam por triagem de enfermagem e médica”, disse o secretário de Governo Eduardo Soares.

Os números de casos ativos e novos diagnósticos servem de base para a tomada de decisões quanto ao funcionamento de diversas atividades econômicas. O último decreto editado pela prefeitura agora permite a apresentação de artistas locais, inclusive aos domingos, com montagem de palcos provisórios e capacidade de até 60% da lotação em bares, restaurantes e similares.

O decreto autoriza também o ensino híbrido com aulas presenciais na rede particular para crianças do ensino fundamental, a partir de 7 anos. O ensino médio voltou a funcionar na modalidade presencial há dois meses. Algumas escolas particulares de ensino fundamental retomaram as aulas nesta segunda-feira (21).

Parques aquáticos, shoppings, supermercados e cinema, que antes estavam proibidos de receber crianças menores de 7 anos, agora dependem do bom senso dos responsáveis, a prefeitura trocou o termo “proibição” no decreto, por “recomendação” para que pais e responsáveis evitem levar crianças a esses estabelecimentos.

Óbitos

Desde o início da pandemia, Imperatriz registra um total de 325 óbitos, com mais 1 divulgado no último boletim da SES, mas que não foi registrado nas últimas 24h. No primeiro dia de setembro a cidade tinha 292 óbitos confirmados pelo Estado.


Ocupação de leitos

Na Rede Estatual, há internados apenas suspeitos ocupando 56,79% os leitos clínicos e 59,26% dos leitos de UTI. A média na primeira semana se setembro estava em torno de 70%.

No Hospital Municipal de Campanha Covid-19 e na UPA São José, há residentes de outras cidades com 16.94% de ocupação dos leitos clínicos e os 12,5% pacientes que ocupam os leitos de UTI são de outros municípios.

“A evolução da doença depende muito do comportamento da população, quanto mais nos prevenimos os números reduzirão. A pandemia ainda não acabou. É fundamental que a população respeite as medidas de prevenção para evitar o surgimento de novos
casos e sobrecarga das unidades de saúde”, reforçou o secretário Eduardo
Soares.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Esportes
Polícia
Mais Notícias