CORONAVÍRUS

No Maranhão

1621
30482
8064
911
SAÚDE

Hospital da Mulher já pode receber pacientes com Covid-19, diz Prefeito Edivaldo

O hospital conta com todos os insumos necessários para o tratamento dos pacientes

Reprodução

Como mais uma medida de combate à Covid-19, em São Luís, o prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT) determinou a adaptação do Hospital da Mulher para que a unidade passasse a ser a referência no tratamento à doença na rede municipal de saúde. Os trabalhos foram concluídos nesta terça-feira (07) e a unidade já pode começar a receber pacientes. Todos os 53 leitos do Hospital da Mulher estão totalmente reservados e mais de 200 profissionais atenderão durante o período da pandemia. 

Segundo o prefeito Edivaldo, o Hospital da Mulher conta com leitos clínicos, de UTI, respiradores, desfibriladores, equipe médica completa, EPIs e todos os insumos necessários para o tratamento dos pacientes. “Temos ainda 20 leitos reservados no Hospital Universitário e a retaguarda das nossas unidades mistas, o que nos possibilitará ter mais 80 leitos disponíveis para o atendimento destes pacientes, se houver necessidade”, completou. Ele destacou ainda que neste momento, a principal medida para controlar a transmissão da doença é o distanciamento social.

O Hospital da Mulher conta com 53 leitos, sendo 43 clínicos, para atendimento de pacientes com quadro clínico leve ou moderado, e 10 leitos de UTI para pacientes em estado mais grave, que necessitem de entubação. O corpo clínico é formado por mais de 200 profissionais de saúde entre clínicos gerais, intensivistas, infectologistas, radiologistas, enfermeiros, nutricionistas,  psicólogos e fisioterapeutas, além de técnicos de enfermagem.

Os profissionais receberam kits de equipamentos de proteção individual (EPI) formado por luvas, óculos de proteção, aventais cirúrgicos impermeáveis, equipamentos faciais completos (formados por máscaras do tipo “face shield” e máscaras N95 ou similares), propés (protetor para os calçados), toucas e frascos de álcool em gel ou álcool 70%.

Por ser uma unidade de referência, o Hospital da Mulher atenderá apenas a pacientes encaminhados por outras unidades. Segundo definido entre o Governo do Estado e a Prefeitura de São Luís, as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) Cidade Operária, Itaqui-Bacanga e Vinhais serão a porta de entrada dos pacientes com sintomas de Covid-19 na rede pública de saúde. Após triagem os pacientes que precisarem de maiores cuidados serão encaminhados para os hospitais de referência da rede estadual ou municipal.

No Hospital da Mulher os pacientes serão atendidos conforme a gravidade dos sintomas, sendo encaminhados para as enfermarias ou UTI, de acordo com os resultados dos exames que serão feitos após sua chegada na unidade. 

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Notícia Boa
Checamos
Polícia
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias