DIA MUNDIAL DA SAÚDE MENTAL

Saúde: atenção para cuidados com a mente humana

Dia Mundial da Saúde Mental serve para divulgar e realizar ações de promoção da qualidade de vida, além de estimular a discussão sobre os transtornos mentais

Reprodução

Dia 10 de outubro é Dia Mundial da Saúde Mental, por isso é uma excelente oportunidade para se falar de prevenção, ou seja, como detectar as primeiras falhas nesse equilíbrio sutil que é a saúde mental. O conceito de saúde mental, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), engloba tanto a ausência de transtornos mentais, como, por exemplo, depressão, ansiedade generalizada, esquizofrenia e bipolaridade, quanto como o indivíduo reage às circunstâncias que surgem ao longo da vida no ambiente profissional e familiar.

Na Praça Deodoro, no dia 10, diversos serviços médicos serão oferecidos à população, como teste de glicemia, aferição de pressão arterial, avaliação nutricional e física, atendimento a usuários de drogas, informativos sobre serviços, consultas médicas, dentre outras atividades. A ação está sendo organizada pelo Centro de Atenção Psicossocial (CAPS Ad Estado) e a Delegacia de Costumes.

Segundo a OMS, os transtornos mentais comuns acometem 30% dos trabalhadores e serão a principal causa de incapacidade laboral até 2020. Uma das principais causas dessa incapacidade é a depressão, doença que atinge mais de 300 milhões de pessoas no mundo. Mesmo sendo um transtorno mental comum, ainda existe muito tabu nas organizações no enfrentamento da doença. Por desconhecimento e preconceito, os sintomas são tratados comumente como frescura, preguiça, entre outros termos pejorativos, e não como doença que necessita de tratamento.

Esses transtornos são a segunda causa de afastamento do serviço. Nos últimos dez anos, a concessão de auxílio-doença acidentário devido a tais males aumentou em quase em 20 vezes, segundo o Ministério da Previdência Social. Com frequência, os doentes ficam mais de 100 dias longe de suas funções. A OMS alerta que uma em cada quatro pessoas sofrerá com um transtorno da mente ao longo da vida.

Data – Em 1992, a Federação Mundial para Saúde Mental lançou o Dia Mundial de Saúde Mental na tentativa de aumentar a conscientização sobre as questões na área e estimular a discussão sobre os transtornos mentais e a necessidade de ampliar os investimentos na prevenção, na promoção e no tratamento.

Estrutura de atendimento
As diretrizes e estratégias de atuação na área de assistência à saúde mental no Brasil envolvem o Governo Federal, Estados e Municípios. Os principais atendimentos em saúde mental são realizados nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) que existem no país, onde o usuário recebe atendimento próximo da família com assistência multiprofissional e cuidado terapêutico conforme o quadro de saúde de cada paciente. Nesses locais também há possibilidade de acolhimento noturno e/ou cuidado contínuo em situações de maior complexidade. Atualmente, o Maranhão tem 86 Centros de Atenção Psicossocial espalhados em 72 municípios. Essas unidades proporcionam atenção a pessoas com necessidades relacionadas a transtornos mentais como depressão, ansiedade, esquizofrenia, transtorno afetivo bipolar, transtorno obsessivo-compulsivo e outros, além de pessoas com quadro de uso nocivo e dependência de substâncias psicoativas, como álcool, cocaína, crack e outras drogas.

Como se ajudar
A solução às vezes está dentro do indivíduo, por isso, veja algumas dicas que podem resolver, relacionadas por Armelle Champetier, diretora da Yogist no Brasil.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias