IBGE

Maranhão tem a menor expectativa de vida do Brasil, aponta IBGE

Levantamento recém divulgado pelo pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística mostra que alguns estados do Sul e Sudeste superam a média brasileira

Crianças em comunidade quilombola. (Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Pesquisa divulgada nesta quinta-feira (29), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), aponta que o Maranhão tem a menor expectativa de vida do Brasil, com 70,6 anos. A média brasileira é de 76 anos.

Quem lidera o ranking por estado é Santa Catarina, com 79,4 anos, seguido de Espírito Santo, Distrito Federal, São Paulo e Rio Grande do Sul, todos com valores iguais ou acima de 78 anos.  Por outro lado, Piauí, Rondônia e Roraima ainda apresentaram expectativas de vida abaixo de 72,0 anos.

Expectativa de vida em 2017 (Gráfico: Divulgação/IBGE)

Para feito de comparação, o líder mundial no quesito é o principado de Mônaco, com 89,5 anos, seguido pelo Japão (85,3 anos). Na América Latina, o melhor colocado é Chile, com 78,9 anos, Cuba, com 78,8 anos, e o Uruguai, com média de 77,4 anos.

Os dados internacionais são da agência norte-americana CIA (Central Intelligence Agency). Já os dados do IBGE estão nas ‘Tábuas Completas de Mortalidade do Brasil de 2017’, que apresentam as expectativas de vida às idades exatas até os 80 anos e são usadas, por exemplo, como um dos parâmetros para determinar o fator previdenciário, no cálculo das aposentadorias do Regime Geral de Previdência Social.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias