CAMPANHA

Mais de 800 mil adolescentes devem se vacinar contra o HPV

A cobertura no estado com a segunda dose está em 40,3% para meninas e 11,2% para meninos

Ilustração

Agora é a vez dos adolescentes buscarem os postos de saúde em todo o país. A vacina disponível é a do HPV e tem como objetivo proteger mulheres e homens contra vários tipos de cânceres. No Maranhão, a expectativa é vacinar mais de 400 mil meninas de 9 a 14 anos e cerca de 460 mil meninos, de 11 a 14 anos. A proteção só é completa quando aplicadas as duas doses da vacina.

Segundo estudo realizado pelo projeto POP-Brasil em 2017, a prevalência estimada do HPV no Brasil é de 54,3 %. Entre os jovens, 16,1% tem uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST) prévia ou apresentaram resultado positivo no teste rápido para HIV ou sífilis.

VACINAÇÃO

No mundo, dos 2,2 milhões de tumores provocados por vírus e outros agentes infecciosos, 640 mil são causados pelo HPV. A vacina utilizada no país previne 70% cânceres do colo útero, 90% câncer anal, 63% do câncer de pênis, 70% dos cânceres de vagina, 72% dos cânceres de orofaringe e 90% das verrugas genitais. Além disso, as vacinas HPV protegem contra o pré-câncer cervical em mulheres de 15 a 26 anos, associadas ao HPV16 /18.  As vacinas é segura e não aumenta o risco de eventos adversos graves, aborto ou interrupção da gravidez.

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS