SAÚDE

São Luís registra 90 novos casos de HIV em 2018

Saiba onde realizar o teste rápido e onde encontrar tratamento gratuito no Maranhão

Reprodução

“Quem vê cara, não vê HIV”. A frase que marca campanhas ao longo dos anos serve para lembrar que o vírus não faz distinção de pessoas por causa do sexo, idade, posição social. De acordo com boletim epidemiológico do Ministério da Saúde de 2016, mais de 820 mil pessoas vivem com HIV e Aids no país, sendo que desses, 112 mil pessoas são portadores do vírus e não sabem.

No Maranhão, em 2017, foram notificados 916 novos casos de HIV/Aids, segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES). São Luís, Imperatriz, São José de Ribamar, Caxias, Bacabal e Codó são os municípios com o maior número de registros.

Veja Também

De acordo com dados divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus), até julho deste ano, já aforam contabilizados 90 novos casos apenas na capital, além de 10 óbitos. Prevenir ainda é o melhor remédio.

Fonte: Semus

Para quem passou por situação de risco, como ter feito sexo desprotegido, por exemplo, o ideal é realizar o teste rápido. Ele é feito a partir da coleta de uma gota de sangue da ponta do dedo. Todas as unidades básicas de saúde do Maranhão disponibilizam o teste de forma gratuita e sigilosa.

O atendimento especializado para pessoas que vivem com HIV em São Luís acontece no Centro de Saúde de Fátima, Centro de Testagem e Aconselhamento do Anil e, também, do Lira. Em São José de Ribamar está disponível também o Serviço de Assistência Especializada.

No interior, o atendimento é feito no Centro de Saúde São Judas Tadeu (Coelho Neto), Centro de Testagem e Aconselhamento (Pinheiro), Serviço de Assistência Especializada (Coroatá, Imperatriz, Açailândia, Codó, Caxias, Santa Inês, Bacabal, Balsas, Pedreiras, Itapecuru, Timon) e Unidade de Saúde Francisco Torres de Paula Filho (São Mateus).

Para casos que necessitem de internação, o Hospital Presidente Vargas, na capital, é a unidade referência para todo o estado.

Os postos de saúde também realizam a distribuição de preservativos masculinos e femininos e gel lubrificante.

HIV e AIDS

HIV é o nome do vírus que é agente causador da doença – a AIDS. Quem tem o vírus na corrente sanguínea é soropositivo. Entretanto, nem sempre soropositivos chegarão a desenvolver AIDS. Assim, é possível que a pessoa infectada apenas transmita o HIV, sem apresentar nenhum sinal ou sintoma da doença.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS