CORONAVÍRUS

No Maranhão

568
353095
309592
10120
VIOLÊNCIA CONTRA MULHER

Damares diz que governo Bolsonaro é “o mais cor de rosa” da história

Ministra também falou em “ideologia de gênero”. “Deus fez os homens fisicamente mais fortes. Inclusive, a ideologia de gênero coloca isso em xeque, porque se o menino acha que menina é igual, ela pode apanhar igual”

(Foto: Isac Nóbrega/PR)

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humano, Damares Alves, afirmou nesta quarta-feira (28/7) durante a sanção do PL 741/2021 que institui o Programa “Sinal Vermelho”, no qual as mulheres poderão denunciar casos de violência doméstica por meio de um “X” vermelho na palma das mãos, que o governo do presidente Jair Bolsonaro é “o governo mais cor de rosa da história”. A cerimônia ocorreu no Palácio do Planalto.

“Este é o governo mais cor de rosa que eu já vi na história. Este ato com a presença do presidente, alguém pode falar assim: ‘Mas o presidente para tudo para sancionar uma lei que é um ‘X’ na mão?'”. Mostra o compromisso do meu presidente no enfrentamento da violência contra a mulher. O presidente que foi criticado como machista e misógino foi o que mais sancionou lei a favor da mulher”, disse, completando que “não estamos dividindo o Brasil entre homens e mulheres. O que esse ‘X’ representa é uma conscientização, uma lei que está sendo sancionada mas que já pegou no Brasil”.

A ministra Damares anunciou também que o país contará “por ano com uma grande operação” para enfrentamento à violência contra a mulher. Ela falou em “ideologia de gênero” e que “Deus fez os homens para proteger as mulheres”.

“Somos iguais em oportunidades, direitos e oportunidades. Mas Deus os fez fisicamente mais forte. Inclusive, a ideologia de gênero coloca isso em xeque, porque se o menino acha que menina é igual, ela pode apanhar igual. Não. Até a brincadeira nas escolas deve ser diferente. Deus vos fez mais fortes do que a gente. E sabe por quê? Vocês foram feitos para nos proteger enquanto mulheres”, concluiu.

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias