Cooperação

MP do Maranhão vai receber sistema do MP de São Paulo

Desenvolvido e cedido gratuitamente pelo Ministério Público de São Paulo, o Inova – Sistema de Gestão de Projetos e Processos é voltado para “governança e gestão do planejamento estratégico local e de seus desdobramentos táticos e operacionais”.

Reprodução

Foi assinado na manhã desta quinta-feira (8), na sede da Procuradoria Geral de Justiça, em São Luís, um Termo de Cooperação Técnica entre o Ministério Público do Maranhão e o Ministério Público de São Paulo. O documento prevê a cessão do sistema Inova ao MP maranhense. Assinaram o documento os procuradores-gerais de justiça Luiz Gonzaga Martins Coelho (MPMA) e Gianpaolo Poggio Smanio (MPSP).

Desenvolvido e cedido gratuitamente pelo Ministério Público de São Paulo, o Inova – Sistema de Gestão de Projetos e Processos é voltado para “governança e gestão do planejamento estratégico local e de seus desdobramentos táticos e operacionais”.

De acordo com o termo de cooperação, caberá ao MPSP, entre outras ações, disponibilizar o Inova em sua versão mais atual e comunicar e ceder futuras atualizações, aperfeiçoamentos e novas funcionalidades desenvolvidas. O MP paulista também se compromete a fornecer suporte técnico para implementação do sistema e informar sobre quaisquer falhas detectadas, cedendo, também, as correções.

Já o MPMA deverá elaborar um cronograma de implantação que inclua etapas como a capacitação de usuários e inclusão de projetos e processos no sistema. Além disso, a instituição deverá prestar suporte às unidades internas que utilizam o Inova, além de encaminhar ao MPSP pedidos de correção e propostas para a melhoria do sistema.

Na ocasião, o procurador-geral de justiça do Maranhão ressaltou a importância das parcerias institucionais para desenvolver o trabalho da instituição. “Com esse sistema, cedido pelo MP de São Paulo, poderemos desenvolver o nosso planejamento estratégico com muito mais eficiência. O resultado final é que poderemos oferecer um serviço ainda melhor à população maranhense”, destacou Luiz Gonzaga Coelho.

Na avaliação do chefe do MP paulista, “a troca de informações e os resultados obtidos nesses casos são sempre muito valiosos. Precisamos trabalhar juntos, compartilhando o que cada unidade tem de melhor”.

Para o diretor da Secretaria de Planejamento e Gestão, Raimundo Nonato Leite Filho, a assinatura do termo é um grande passo. “Nós temos trabalhado para implementar e profissionalizar a cultura do planejamento. Essa parceria é uma contribuição muito importante nesse processo”.

O Termo de Cooperação Técnica assinado nesta quinta-feira tem vigência de 12 meses e poderá ser prorrogado automaticamente, exceto se houver manifestação expressa em contrário por parte de uma das partes.

Também participaram da assinatura do termo de cooperação técnica o diretor-geral da Procuradoria Geral de Justiça, Emmanuel Guterres Soares; o diretor da Escola Superior do Ministério Público do Maranhão, Márcio Thadeu Silva Marques; e o diretor da Secretaria para Assuntos Institucionais, Marco Antonio Santos Amorim.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias