POLÍTICA

Flávio Dino sai em defesa de FHC sobre reforma da Previdência

O governador do Maranhão disse concordar posicionamento do ex-presidente tucano

Foto: Caio Guatelli

À medida que a aprovação da PEC se aproxima, mais figuras políticas opinam sobre ela. No último domingo (12), o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso criticou a reforma da Previdência e foi reprovado por governistas, mas defendido por Flávio Dino.

“Ouvi depoimento do economista, que não conheço, Eduardo Moreira, sobre a reforma da Previdência: o ponto dele é correto, tiremos dos que mais ganham, não dos pobres. A reforma é necessária, mas o olhar tem que ser tanto fiscal quanto redistributivo. Eis a questão e a dificuldade”, postou FHC no seu tuíter.

O posicionamento logo foi respondido pelo secretário especial adjunto de Previdência e Trabalho, Bruno Bianco.

“Já no seu governo buscava-se um sistema justo, com aposentadoria por idade e não por tempo de contribuição, fazendo com que os mais ricos contribuam mais e se aposentem na mesma idade dos mais pobres. Diferente do seu governo, nós vamos conseguir! Não dê palanque para equivocados”, declarou.

A defesa veio do governador do Maranhão, Flávio Dino, que, apesar de pertencer ao polo ideológico oposto ao do tucano, trouxe à tona uma preocupação em comum.

“O presidente Fernando Henrique FHC faz uma ponderação importante: temos que sempre proteger os mais pobres e ter olhar redistributivo. Nenhuma sociedade se desenvolve mantendo ou ampliando desigualdade”, publicou.

A reforma apoiada por Dino

O governador já declarou diversas vezes que apoia a reforma, mas não do jeito que está sendo proposta pelo governo. Seu posicionamento vai contra pontos como o regime de capitalização e a idade mínima definida, tendo em vista que a expectativa de vida do trabalhador rural é menor que a média brasileira.

“Proposta de reforma da previdência do Governo Federal, infelizmente, tem fortes medidas contra os mais pobres e mais frágeis. Por exemplo, idosos pobres, trabalhadores rurais, pessoas com deficiência”, publicou Flávio Dino, em fevereiro deste ano.

A defesa de direitos dos mais pobres em relação à PEC é defendida de forma unânime pela Frente dos Governadores do Nordeste, cujo consórcio tem Dino como principal representante.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias