DENÚNCIA

Câmara esclarece situação do apartamento funcional ocupado por filho de Hildo Rocha

O texto é uma resposta à denúncia feita por Tábata Amaral (PDT), onde o deputado maranhense estaria em posse ilegal de dois imóveis ao mesmo tempo

Deputado Federal Hildo Rocha (MDB-MA). Foto: Reprodução

A Câmara dos Deputados divulgou, na noite da última quinta-feira (31), uma nota de esclarecimento sobre uma situação denunciada pela deputada federal, Tábata Amaral (PDT). Em suas redes sociais, Tábata relatou que o filho do deputado Hildo Rocha (MDB-MA) teria se negado a entregar as chaves do apartamento funcional para o qual a pedetista eleita havia sido sorteada.

Na nota, consta que Hildo teria solicitado à Câmara um pedido de mudança de um apartamento funcional para outro, e o órgão teria concedido ao deputado. Segundo a nota, na data do ocorrido, o processo de mudança ainda estaria ocorrendo – ainda não havia vencido o prazo para o deputado sair do imóvel.

Confira a nota:

“A Quarta-Secretaria da Câmara dos Deputados vem esclarecer que o deputado Hildo Rocha (MDB-MA) pediu anuência, concedida por esta Secretaria, para mudar-se do apartamento onde reside para outra unidade funcional. Encontra-se nesta data no processo de mudança de endereço, que envolve encaixotamento de pertences e utensílios e desmontagem de equipamentos para instalação no novo endereço, fazendo uso do prazo legal para a referida operação.”

Entenda

Na última quinta-feira (31), a deputada federal eleita pelo PDT, Tábata Amaral, publicou um vídeo denunciando uma situação que ocorrera ao se deslocar para o imóvel funcional para o qual havia sido sorteada após sua eleição na Câmara. Assista ao vídeo aqui.

Segundo o relato da deputada, ao chegar no apartamento, ele estava sendo ocupado ilegalmente pelo filho de Hildo Rocha (MDB), enquanto o deputado maranhense morava em outro.

Vídeo onde a deputada relata o ocorrido. Imagem: Tábata Amaral/Facebook

Tábata relatou, ainda, que entrou em contato com a Câmara para resolver a situação e obteve como resposta, do próprio Hildo, que o filho não sairia do apartamento, independentemente do “barulho” que fizesse.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias