DISPUTA PARLAMENTAR

Deputada denuncia que filho de Hildo Rocha se nega a entregar apartamento funcional

Tábata Amaral, deputada eleita pelo PDT-SP, informou que o deputado disse que ela poderia fazer o barulho que fosse, que o filho dele não ia sair.

Vídeo onde a deputada relata o ocorrido. Imagem: Tábata Amaral/Facebook

Ao chegar em Brasília para posse do seu primeiro mandato, a deputada eleita pelo PDT, Tábata Amaral foi surpreendida ao ter que disputar o imóvel que lhe foi concedido, já que os parlamentares têm suas moradias sorteadas.

Em vídeo, Tábata afirma:

“Hoje fui até o apartamento funcional que fui sorteada junto com o fiscal da Câmara e não pude entrar, porque um deputado deixou seu filho morando nesse apartamento e foi morar em outro. Ou seja, ele estava ilegalmente ocupando dois imóveis”.

A renovação política iniciada com o resultado das urnas tem um longo caminho pela frente no combate às práticas antiéticas e ilegais da velha política. Apesar de, em apenas um dia, já ter sido barrada 5 vezes no Congresso simplesmente por não "parecer" uma deputada federal, sigo firme porque sei que mudanças profundas não acontecem do dia pra noite e porque, acima de tudo, sei que não estou sozinha. Tem muita gente sonhando junto o sonho grande de um Brasil que é para todos e não apenas para alguns sobrenomes..#VamosJuntos #AMudançaJáComeçou #TabataAmaral

Posted by Tabata Amaral on Wednesday, January 30, 2019

A deputada ainda ligou para a Câmara para tentar resolver a situação, mas, ao entrar em contato com o próprio deputado Hildo Rocha, teve como resposta que o filho dele não iria sair, independente do barulho que ela fizesse.

Tábata é a sexta deputada mais votada no estado de São Paulo e afirma que, ainda no prédio do imóvel, escutou: “Senhora, Brasília é assim”. Ainda de acordo com ela, a Câmara garantiu encontrar um novo apartamento.

VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias