NOVO GOVERNO

Kátia Bogéa tem preferência de Sá Leitão para continuar no Iphan

Na visão do Ministro Sérgio Sá Leitão, o Iphan não deve sofrer impacto no governo Jair Bolsonaro. Ao contrário, Leitão é um entusiasta do próximo governo.

O Ministro da Cultura do governo Temer, Sérgio Sá Leitão, esteve em São Luís no último sábado (22) na entrega do Complexo Deodoro, a obra é de execução do Governo Federal, via Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), órgão que faz parte do Ministério da Cultura. Ao jornal O Imparcial, Sérgio Sá Leitão falou do como vê o futuro do Iphan no governo Bolsonaro e sua preferência pela continuidade de Kátia Bogéa à frente do Iphan Nacional.

Na visão do Ministro Sérgio Sá Leitão, o Iphan não deve sofrer impacto no governo Jair Bolsonaro. Ao contrário, Leitão é um entusiasta do próximo governo.”A perspectiva é de continuidade e aperfeiçoamento. Esse programa de investimento e restauro de patrimônio material é importantíssimo. Seja do ponto de vista cultural, seja do ponto de vista econômico, de geração de renda e desenvolvimento do turismo.”, comentou Sá Leitão.

Leitão acredita que a finalidade do programa não coloque ele em cheque. “É um programa que tende ter continuidade. É um programa de estado, não é apenas um programa de governo.”, opinou Sá Leitão.

Na fala, ao Imparcial, da Presidente nacional do Iphan, Kátia Bogéa fala com entusiasmo do investimento feito no Centro Histórico de São Luís. Ela garante que foram investimento R$ 200 milhões e diz “se eu continuar poder fazer mais”. Mas foi da boca do Ministro da Cultura, Sá Leitão, que a continuidade de Kátia pode se confirmar.

O Ministro garantiu que fez a recomendação para que a presidente Kátia Bogéa continue à frente do órgão. “Eu torço muito para que ela continue. Essa foi a recomendação que eu dei ao Ministro Osmar Terra [Cidadania] e também ao Henrique [José Henrique Medeiros Pires, secretário especial de Cultura]. Eu fiz essa recomendação. É uma profissional competentíssima, muito dedicada e que trabalha não apenas aqui pelo seu Estado mas pelo Patrimônio do país inteiro. Eu torço para que ela continue.”, defendeu o Ministro da Cultura.

Na próxima página confira a ligação de Kátia e José Sarney.

Próxima »1 / 3
VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS