"OPERAÇÃO OCCULTUS"

Presos suspeitos de aliciarem jovens a praticarem rituais e atos criminosos

Caso aconteceu nessa quarta-feira (18) em Vitória do Mearim.

Durante as investigações policiais, identificou -se a participação dos suspeito, em atos de diversos crimes, bem como, aliciamento de menores de idade, envolvimento em organização criminosa. (Foto: Divulgação/PC-MA)

Nessa quarta -feira (18), a Polícia Civil do Maranhão deflagrou a ‘Operação Occultus”, que resultou em três mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão contra dois homens suspeitos de aliciarem jovens à participarem de rituais como ato criminoso, em Vitória do Mearim.

A execução do trabalho de investigação foi realizado pela Delegacia de Polícia Civil do município, com apoio operacional do Grupo de Pronto Emprego (GPE), Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI) e da 6ª Delegacia Regional de Viana.

Durante as investigações policiais, identificou-se a participação dos suspeitos em diversos atos criminosos, bem como aliciamento de menores de idade e envolvimento em organização criminosa.

Segundo informações, as jovens estariam praticando rituais com seguimento criminosos, com consumo de drogas ilícitas, bebidas alcóolicas e a praticidade de atos sexuais entre os participantes do grupo.

De acordo com as autoridades, os presos já estavam sendo investigados por restrições apresentadas pela Polícia, como a prática de diversos crimes no município. Além de associação criminosa, os suspeito tinham envolvimento por induzir pessoas ao suicídio, ao charlatanismo, à violação sexual mediante fraude.

Soma-se a isso o compartilhamento de drogas com menores de idade e ministrar bebidas alcóolicas para para crianças e adolescentes, além de outros crimes que estão sendo apurados pela delegacia da cidade de Vitória do Mearim.

Após a polícia Civil realizar o balanço dos diversos crimes praticados pelo os suspeitos, investigadores fizeram rondas e conseguiram localizar e prender os dois homens que foram encaminhados para a delegacia.

Na ocasião, a polícia apreendeu 02 computadores, 02 notebooks, 02 tabletes, 11aparelhos celulares, pen drives, vários cadernos de anotações, e demais provas que serão analisada pela equipe de investigação da Polícia Judiciária.

Na Delegacia Regional de Vitoria do Mearim foram feitas as devidas oitivas, e logo após os procedimentos legais os detidos foram reencaminhados para unidade prisional de Viana, onde permanecerão à disposição da Justiça.

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias