SANGUE FRIO

Suspeito de assassinar e dar banho em companheira morta é preso em São Luís

Crime foi cometido dentro da casa em que o casal vivia com dois filhos menores e um recém-nascido

Foto: Reprodução

A Polícia Civil do Maranhão, em uma ação realizada na manhã da última segunda-feira (20), cumpriu um mandado de prisão definitivo contra um homem investigado por assassinar a própria companheira no dia 24 de abril de 2011, no bairro de Fátima, em São Luís.

Segundo informações investigadas pela Seccional Sul, o indivíduo matou a vítima desferindo fortes golpes, especialmente na região do abdômen. O crime foi cometido dentro da residência em que o casal vivia juntamente com os três filhos menores, dos quais um ainda era recém-nascido.

Na época, uma das crianças relatou à avó materna que o acusado teria “espancado a vítima, chutando-a e arrastando-a pelo chão, depois deu um banho na vítima e em seguida a colocou num sofá.”

O homem foi condenado a 21 anos de prisão em regime fechado. Após os procedimentos legais, o preso foi encaminhado para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde ficará à disposição do Poder Judiciário.

A Polícia Civil ressalta que no ano que ocorreu o crime não existia o termo Crime de Feminicídio, que passou a vigorar somente em 2015.

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias