CORONAVÍRUS

No Maranhão

2783
254182
229576
6783
maranhão

Polícia prende feminicida que estava foragido em Porto Franco

Durante semanas de diligências, o acusado escapou de cercos policiais nas cidades de Fortuna e em Jatobá, interiores do estado, sendo capturado nas primeiras horas de hoje (01)

Reprodução

Na manhã desta segunda-feira (01), a Polícia Civil do Estado do Maranhão (PCMA) cumpriu um mandado de prisão temporária em Porto Franco, interior do estado, em desfavor de um homem pelo crime de feminicídio contra a companheira em Barão de Grajaú, no Maranhão no dia 25 do mês passado.

A prisão foi realizada pelo Departamento de Combate a Crimes Tecnológicos (DCCT/SEIC) com apoio da Delegacia Regional de Imperatriz.

De acordo com a equipe, após um desentendimento motivado por ciúmes, o autor levou a vítima para um local ermo, e, à plena luz da manhã, efetuou dois disparos de arma de fogo contra a face e a cabeça da vítima, evadindo-se do local posteriormente.

Tão logo informados do crime, policiais civis da Delegacia de Barão de Grajaú empreenderam diligências para intimar e ouvir testemunhas, além de usarem imagens de circuitos de videmonitoramento, que subsidiaram a identificação da autoria do crime ainda no mesmo dia do cometimento.

A Polícia Civil representou pela prisão temporária, e, após sua concessão, foi dado início ao trabalho de localização e captura do suspeito. Após várias diligências sem sucesso, soube-se que o foragido havia saído das fronteiras do município. Quando foi solicitado apoio técnico e operacional da SEIC/DCCT, para o cumprimento da prisão.

Durante semanas de diligências, o acusado escapou de cercos policiais nas cidades de Fortuna e em Jatobá, interiores do estado, sendo que nas primeiras horas de hoje (01), policiais da SEIC/DCCT e da Delegacia Regional de Imperatriz, localizaram e prenderam o suspeito na cidade de Porto Franco em um ônibus que tinha como destino o Estado do Pará.

Capturado, o preso foi cientificado do teor do mandado e será encaminhado para uma unidade prisional da Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP), onde aguardará decisão judicial.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Entretenimento e Cultura
Esportes
Polícia
Mais Notícias