CRIMINALIDADE

Quatro suspeitos de integrar facção criminosa são presos na capital

Eles foram autuados em flagrante delito, por conta dos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, além de organização criminosa

Reprodução

A Polícia Civil do Maranhão, deu cumprimento a um mandado de prisão contra Taíse Tobias Silva, conhecida como “princesa”, nessa quarta-feira (13). Ela era considerada foragida da polícia, desde a deflagração da “Operação Demolição”, realizada no bairro do São Raimundo, em setembro deste ano. Com ela, também foram presos, Johanne Mendonça da Silva, Kellen Cristina Rodrigues e Daniel Silva Alves, conhecido como “gordinho”.

Eles foram autuados em flagrante delito, por conta dos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, além de organização criminosa. Com eles, foram apreendidos vários aparelhos de celular, uma relevante quantidade de drogas (maconha), além de um veículo Ford KA, segundo a polícia.

Leia também: Operação policial cumpre 12 mandados de prisão contra membros de facção em São Luís

Informações dão conta, de que Taíse é apontada como braço direito de dois faccionados. De acordo com a polícia, princesa é companheira de Maurinho, um dos 16 criminosos presos durante a operação policial. Ela seria responsável por fazer o controle de caixa da facção e cuidar da atualização dos cadastros.

Eles foram encaminhados a delegacia para realização de procedimentos de praxe e permanecem a disposição do Poder Judiciário do estado.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias