CORONAVÍRUS

No Maranhão

868
53508
25120
1285
CRIMINALIDADE

Quatro suspeitos de integrar facção criminosa são presos na capital

Eles foram autuados em flagrante delito, por conta dos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, além de organização criminosa

Reprodução

A Polícia Civil do Maranhão, deu cumprimento a um mandado de prisão contra Taíse Tobias Silva, conhecida como “princesa”, nessa quarta-feira (13). Ela era considerada foragida da polícia, desde a deflagração da “Operação Demolição”, realizada no bairro do São Raimundo, em setembro deste ano. Com ela, também foram presos, Johanne Mendonça da Silva, Kellen Cristina Rodrigues e Daniel Silva Alves, conhecido como “gordinho”.

Eles foram autuados em flagrante delito, por conta dos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, além de organização criminosa. Com eles, foram apreendidos vários aparelhos de celular, uma relevante quantidade de drogas (maconha), além de um veículo Ford KA, segundo a polícia.

Leia também: Operação policial cumpre 12 mandados de prisão contra membros de facção em São Luís

Informações dão conta, de que Taíse é apontada como braço direito de dois faccionados. De acordo com a polícia, princesa é companheira de Maurinho, um dos 16 criminosos presos durante a operação policial. Ela seria responsável por fazer o controle de caixa da facção e cuidar da atualização dos cadastros.

Eles foram encaminhados a delegacia para realização de procedimentos de praxe e permanecem a disposição do Poder Judiciário do estado.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Notícia Boa
Checamos
Polícia
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias