NOVOS CANGACEIROS

Caminhoneiro confessa que recebeu R$ 47 mil de quadrilha de Bacabal

O pernambucano primeiramente foi feito de refém, mas depois tornou-se cúmplice para ajudar na fuga dos bandidos em troca de dinheiro

Obadias Pereira, de 44 anos, foi preso no último dia 6 em Araguanã. (Foto: Giovana Kury/O Imparcial)

Foi encontrado em Nova Olinda na noite da última quinta-feira, 6, o caminhoneiro pernambucano desaparecido desde a noite do crime de Bacabal. À polícia, Obadias Pereira da Silva confessou ter recebido cerca de R$ 47 mil reais para ajudar na fuga da quadrilha.

A polícia já havia recebido informações sobre uma suposta passagem de Obadias na cidade de Nova Olinda, onde comprou um chip de celular. Em tentativa de fuga, o motorista foi preso em Araguanã, município próximo a Santa Luzia do Paruá, onde membros da quadrilha foram autuados tentando fugir do estado no último dia 4.

Durante o depoimento, Obadias apontou o assentamento em Nova Olinda onde tinha sido enterrado o dinheiro, cerca de R$ 47 mil, dentro de uma mochila. No local, também foram encontrados armamentos pesados de mais quatro membros da gangue que permaneceram com ele e, depois, se dispersaram.

O pernambucano será encaminhado ao Complexo de Pedrinhas, onde as investigações se prosseguirão.

Obadias e os 40 ladrões

Segundo a polícia, o motorista pernambucano passava na cidade durante o assalto – quando enviou os áudios à sua família – e foi parado pelos bandidos. Foi primeiramente feito de refém em uma agência de INSS, ao lado do Banco assaltado, onde foi colocado em um caminhão boiadeiro junto com os bandidos e dirigiu até um sítio, cuja localização exata ainda não se sabe.

Obadias e os bandidos se deslocaram durante uma madrugada inteira até chegarem a Santa Luzia do Paruá, onde desceram os 13 membros, que depois foram autuados, na terça-feira, 4. Permaneceram com ele mais quatro, que adentraram uma região de matagal, em Nova Olinda, o ajudaram a enterrar o dinheiro e se dispersaram. Eles continuam foragidos.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS