Saúde

Diminuição no consumo mundial de sal salvaria milhões de vidas

Hoje, no planeta, enfermidades do tipo tiram a vida de 1,64 milhão de pessoas anualmente. Macarrão instantâneo é um dos produtos com maior concentração de sódio.

Por: Agência Brasil
Foto: Reprodução

Campanhas que incentivem a redução do consumo de sal podem reduzir consideravelmente as mortes causadas por complicações cardíacas, ressaltam cientistas americanos e ingleses em um estudo divulgado na última edição da revista The British Medical Journal (BMJ).

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a maioria dos adultos consome mais do que a quantidade recomendada de 2 gramas de sal por dia, no máximo. O excesso de sal, presente principalmente em alimentos industrializados, como o Macarrão Instantanêo e está na origem de cerca de 1,65 milhão de mortes provocadas por doenças cardíacas em todo o mundo, de acordo com a OMS.

Apesar de poucos países até agora terem adotado políticas públicas para tentar diminuir o consumo de sal, pesquisadores, atuando conjuntamente com a indústria alimentícia, avaliaram o impacto de estratégias públicas de prevenção em 183 países. E concluíram que investir o equivalente a apenas 10 centavos de dólar por pessoa (cerca de R$ 0,32), contribuiria grandemente para frear a mortalidade.

Os cientistas também estimaram, baseados no índice de Esperança de Vida Corrigida, o número de anos perdidos pela população mundial por conta do excesso de sal. Segundo o estudo, uma alimentação menos salgada durante um período 10 anos evitaria uma perda anual equivalente a 5,8 milhões de anos de boa saúde.

O custo dos anos ganhos seria equivalente ao que se gasta atualmente em remédios para tratamento de doenças cardiovasculares, apontam os pesquisadores.

“Sabemos que o excesso de sal na dieta causa centenas de milhares de mortes cardiovasculares a cada ano. A questão principal é como reduzir o consumo de sal e quanto esse esforço custaria”, explicou, em comunicado, Dariush Mozaffarian, pesquisador da Escola de Ciências e Política de Nutrição da Universidade de Tufts, em Boston (EUA), em um dos participantes do estudo.

Praia do Araçagi ganha nova cara

Na primeira etapa dos serviços foram feitos 350 metros de calçadão, ainda devem ser construídos pista de cooper, ciclismoe novas áreas de vivência

Blocos tradicionais são destaque do sábado

O concurso da Passarela é um dos momentos mais importantes para os grupos, que mantém um processo de produção parecido com o das escolas de samba

PSDB prefere Flávio Dino em 2018

Em entrevista exclusiva, Carlos Brandão ele apresenta sua visão do cenário político maranhense para o pleito de 2018

Circuito Beira-Mar começa neste domingo

Carnaval na Avenida se estende da Praça Manoel Beckman até a Praça Maria Aragão. Confira como fica o trânsito nesta região

Jovem morre afogado em Pinheiro

Corpo da vítima de 19 anos foi encontrado no Rio Pericumã

Revelado o nome das vítimas do acidente

O veículo onde as vítimas estavam teria derrapado na pista e em seguida, ele colidiu com um caminhão. Os cinco ocupantes morreram na hora.

Confira 10 séries para ver durante este Carnaval

Não curte muito o carnaval e está sem opção do que assistir? O Imparcial Online te poupa 1h procurando algo na lista da Netflix e selecionou 10 séries imperdíveis na plataforma. Confira:

Caminhonete atropela multidão e deixa 28 feridos nos EUA

Um homem aparentemente sob efeito de álcool e outras substâncias avançou com sua caminhonete contra uma multidão. Pelo menos 28 pessoas ficaram feridas.

Beijo no Carnaval: saiba quais são os seus riscos

É importante brincar a folia momesca com segurança e prevenção

Confira a programação do 2º dia do Carnaval

A folia está programada para acontecer no bairro Madre Deus, Espigão Costeiro, Centro Histórico e Passarela do Samba. Confira a programação completa:

Confira quem são os indicados do Oscar 2017

Este ano, todos os candidatos na categoria de melhor filme possuem uma forte tendência a serem os vencedores. A cerimônia acontece hoje à noite, em Los Angeles.

Eclipse Anel de Fogo será visível no Brasil hoje

O fenômeno será visto em uma estreita faixa que passa pelo sul do Chile e da Argentina, oceano Pacífico, oceano Atlântico e sul da África.

VEJA MAIS