A disputa mais saborosa

Jesus e Jeneve: os refrigerantes rosas do MA

O ícone mais doce do Maranhão, o Guaraná Jesus, conquistou fãs e rompeu as fronteiras do estado.

O rei da coisa toda. Reprodução: internet

O ícone mais doce do Maranhão, o Guaraná Jesus, conquistou fãs e rompeu as fronteiras do estado. O refrigerante rosa agora é distribuído em várias outras regiões do Brasil. Mas você sabe como a bebida mais ilustre do nordeste surgiu?

 

Quem nunca levou um fardo de Jesus para os amigos de outro estado? Reprodução: internet

 

Tudo começou em 1927, quando o farmacêutico Jesus Norberto Gomes decidiu produzir uma espécie de magnésia fluída, um remédio que misturava cravo e canela que estava na moda naquele tempo. O xarope agradou muito os netos de Norberto e virou um sucesso na família.

 

Dá até água na boca. Reprodução: internet

 

Norberto Jesus Gomes não estava indo muito bem no ramo farmacêutico, então decidiu mudar seu negócio e produzir águas gasosas. Foi quando decidiu resgatar a fórmula do xarope amado pelos netos e transformá-lo em refrigerante.

 

Grande Norberto! Reprodução: internet

 

Segundo o livro “Jesus, Sua Vida, Seu Sonho”, escrito pelo filho do criador do Guaraná Jesus, Elir Jesus Gomes, Norberto nasceu em Vitória do Mearim, interior do Maranhão. Era filho de uma doméstica e um comerciante.

 

A famosa frase. Reprodução: internet

 

Do pai, Norberto herdou o espírito empreendedor. Além do famoso refrigerante, o farmacêutico ainda produziu produtos como Água Mineral, Água de Mesa, Gengibre Jesus, Água Tônica Três Quinas, Licor de Mate, Lupo Mate, todos com a marca Jesus.

 

No YouTube, fãs do Guaraná Jesus e “sommeliers de refrigerante” ajudam a estimular a curiosidade sobre o refrigerante. Reprodução: YouTube

 

O negócio saiu das mãos da família de Jesus em 1980, quando a marca foi vendida à antiga Companhia Maranhense de Refrigerante, subsidiária da Coca-Cola no Maranhão.

Em 2001, o Guaraná Jesus virou notícia nacional ao ser adquirido pela Coca-Cola Brasil, passando a fazer parte do rol de produtos da multinacional.

 

Verso da lata informa que produto tem aroma de cravo e canela, mas fórmula exata também é misteriosa. Reprodução: internet.

 

Em 2008, o refrigerante realizou uma renovação na identidade visual. A embalagem atual é inspirada nos azulejos coloniais portugueses de São Luís e ganhou medalha de ouro de melhor estratégia de marketing no Prêmio Internacional de Excelência em Design (IDEA).

 

O rei da coisa toda. Reprodução: internet

 

Norberto Gomes, o pai do Guaraná Jesus, faleceu em São Luís no dia 28 de abril de 1963.

 

O Jesus faz sucesso internacional também! Reprodução: YouTube

 

No ano passado, o Guaraná Jesus começou a ser distribuído oficialmente nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Paraná e no Distrito Federal.

 

Mas é todo nosso! Reprodução: internet

 

Jeneve, o concorrente da mesma cor

A dificuldade em conseguir comprar a fórmula do Guaraná Jesus de Norberto Gomes fez com que a concorrência, na época a Companhia Antarctica, criasse no Maranhão o Jeneve. Um refrigerante de mesma cor, sabor semelhante e com J de Jesus.

 

Relíquia. Reprodução: internet

 

Contudo, o imbatível Guaraná Jesus manteve a dianteira, sempre como líder no Maranhão, desbancando o Jevene, que logo sumiu das prateleiras.