Política

PDT maranhense confirma apoio a Flávio Dino em 2018

O governador também fez questão de anunciar que o primeiro candidato ao Senado que vai contar com seu apoio nas eleições de 2018 é o pedetista Weverton Rocha.

Durante a sua convenção estadual e municipal, realizada neste sábado (2), na Batuque Brasil, em São Luís, o Partido Democrático Trabalhista (PDT), confirmou que vai reeditar o apoio ao governador Flávio Dino (PCdoB) nas eleições de 2018.
Na ocasião, a legenda anunciou com grande festa o nome do deputado federal e presidente estadual do partido, Weverton Rocha, como pré-candidato do PDT ao Senado Federal pelo Maranhão.
Além de reunir centenas de correligionários e apoiadores da legenda, o evento contou com as participações do presidente nacional do partido, Carlos Lupi, do pré-candidato à Presidência pelo PDT, Ciro Gomes e do governador do Maranhão, Flávio Dino, entre outros membros de vários outros partidos políticos.
Ao pré-candidato a Presidência, Ciro Gomes, Flávio Dino enfatizou que estará ao lado do pedetista sempre que ele vier ao Maranhão. “Todas as vezes que você vier ao Maranhão, em pré-campanha, em campanha, eu estarei do seu lado com muita alegria e com muita honra”, destacou.
Governador amigo da cidade
Em seu discurso, o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), lembrou da importância do atual governo para a capital maranhense. Como vem destacando em vários eventos políticos em que participa, Edivaldo voltou a chamar Flávio Dino de “governador amigo da cidade”.
“Quero falar da importância do governador está com a gente. Flávio Dino tem revolucionado o estado do Maranhão e aqui em São Luís pela primeira vez nós podemos contar com a parceria do governo do Estado”, frisou o prefeito.
O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, destacou o papel que Dino vem desempenhando no Maranhão após quase meio século de governos ligados ao clã Sarney.
“A política é o único instrumento de transformação da realidade. Eu vi o quanto foi difícil combater a oligarquia nefasta que dominava o Maranhão”, disse Lupi fazendo referência à luta que já vinha sendo travada por outros dois quadros importantes da história do PDT no Maranhão: Neiva Moreira e Jackson Lago.
“Jóia maranhense”
Ao falar sobre a corrente que vem libertando o Maranhão da “escuridão”, o presidenciável Ciro Gomes chamou o governador do Maranhão de “uma jóia que está apenas começando a sua obra extraordinária”.
Ciro falou ainda sobre o difícil momento no cenário político nacional, ressaltando que, apesar da dura recessão, o Maranhão é um dos seis estados que mantém uma agenda de investimentos públicos.
“O Brasil inteiro está olhando para o povo do Maranhão. Nesse momento em que nós estamos aqui reunidos, 21 estados brasileiros não estão investindo um vintém. O Maranhão é um dos seis únicos estados brasileiros que está investindo em saúde, em educação, no enfrentamento da violência. O que foi que mudou para o Maranhão sair de uma crise tremenda para se tornar um estado isento para o Brasil? Eu digo a vocês: foi a união e a força do povo maranhense em escolher Flávio Dino para liderar essa etapa de modernização, de liberdade, de progresso e de economia avançada”, pontuou Ciro Gomes.
Política para o povo
Em sua fala de pouco mais de 15 minutos, o governador Flávio Dino falou da crise política que o país enfrenta, mas ressaltou que é preciso valorizar a política, já que, para ele, a política que define as condições da vida da população.
“Precisamos fazer com que o nosso povo recupere a esperança em dias melhores. Nós acreditamos que a política pode ser feita com seriedade. Acima de tudo acreditamos que a política é feita não para os políticos, mas para o povo”, ressaltou.
Dino citou alguns dos avanços já obtidos durante seus três anos de mandato, como as 18 escolas em tempo integral já entregues – a meta do governador é entregar a escola de número 40 depois do carnaval – e a ajuda aos municípios maranhenses, com programas como o “Mais Asfalto”.
Apoio a Weverton Rocha
O governador também fez questão de anunciar que o primeiro candidato ao Senado que vai contar com seu apoio nas eleições de 2018 é o pedetista Weverton Rocha. Para Flávio Dino, “em time que está ganhando não se mexe” e o Maranhão não pode retroceder, sob o risco de levar “gols do atraso, da negação de direitos e da injustiça social”.
“Eu vou fazer tudo que eu puder como pré-candidato para corrigir um problema que nós temos hoje Nós temos ótimos deputados federais, mas no Senado nós estamos com dificuldades. Para ocupar esse espaço eu não tenho duvida um dos melhores nomes é o Weverton Rocha, que tem nosso apoio integral para essa caminhada”, concluiu.
MOSTRAR MAIS