Barra do Corda

Índios são presos com mais de duas toneladas de maconha, em Barra do Corda

Segundo as polícias Militar e Civil, essa foi a maior apreensão de drogas da história do município

Reprodução

Sete índios da tripo Guajajaras foram presos, na madrugada desta quarta-feira (11), com 2.300kg de maconha, durante uma operação realizada pelas Polícias Militar e Civil na cidade de Barra do Corda, a 462 km de São Luís. Segundo a polícia, essa foi a maior apreensão de drogas da história do município.

Entre os presos, estão o cacique Darlan Guajajara de Sousa, 36 anos, apontado como principal suspeito de ser o líder do tráfico de drogas na aldeia; Jacilene Guajajara de Sousa, 43 anos; Licinha Carvalho Guajajara de Sousa; Laide Carvalho Guajajara de Sousa; Erivan de Sousa Carvalho Guajajara, 26 anos; Ezequiel Carlos Atanazio Guajajara, 34 anos; Elizaldo de Sousa Carvalho Guajajara, de 39 anos.

Além das mais de duas toneladas de maconha, a polícia também apreendeu dois veículos e uma moto. A suspeita é de que os índios teriam furtados as motos dentro do município, além de participarem de crimes de tráfico de drogas, receptação de veículos roubados, organização criminosa e corrupção de menores.

Segundo a PM, as prisões e apreensões foram resultado de quatro meses de investigações.