TRANSTORNO

Sem acordo, greve dos rodoviários vai continuar nesta sexta (22)

Uma audiência de mediação entre patrões e empregados foi marcada para resolver o impasse

Terminais de integração e paradas de ônibus continuam praticamente desertas. (Foto: Marcos Caldas).

Através de uma nova nota divulgada na noite desta quinta-feira (21), o Sindicato dos Rodoviários do Maranhão informou que não houve contraproposta das Empresas de Transporte de Passageiros de São Luís (SET). Portanto, a greve que começou pela manhã continua nesta sexta-feira (22).

Em uma nova decisão divulgada hoje (21), o Tribunal Regional do Trabalho determinou o imediato retorno das atividades dos rodoviários e manteve o percentual mínimo de 90% da frota de ônibus em funcionamento, em todas as linhas, sob pena de multa diária de R$ 50 mil. A decisão é do desembargador federal do Trabalho, Francisco José de Carvalho Neto.

Ônibus deixaram passageiros “na mão” em São Luis. (Foto: Marcos Caldas)

De acordo com o TRT, os rodoviários deveriam retomar as atividades até às 23h 59min horas desta quinta-feira (21), ficando a partir daí caracterizada desobediência judicial.

Leia também: Rodoviários entram em greve e São Luís amanhece sem ônibus

Perspectivas de retorno

Está marcada para a manhã desta sexta-feira (22) uma audiência de mediação no Ministério Público do Trabalho entre os rodoviários e o Sindicato das Empresas de Transporte (SET), às 10h30.

Saiba mais: TRT determina retorno imediato dos rodoviários de São Luís

Cidadãos tiveram de recorrer a outras opções de transporte. (Foto: Marcos Caldas)

Na nota, o Sindicato dos Rodoviários do Maranhão explicou que “permanece aberto ao diálogo, para que as reivindicações dos trabalhadores sejam atendidas, resolvendo de uma vez por todas, esse impasse e para que o transporte público, volte a operar normalmente em São Luís, evitando mais transtornos aos usuários do sistema”.

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias