Na capital maranhense

Braide reúne-se com membros do consulado dos Estados Unidos no Brasil

Reunião aconteceu nessa terça-feira (5), no Palácio de La Ravardière, sede do Executivo Municipal.

Foto: Divulgação/Prefeitura de São Luís

Em reunião nesta terça-feira (5), no Palácio de La Ravardière, sede do Executivo Municipal, o prefeito de São Luís, Eduardo Braide, recebeu membros do Consulado dos Estados Unidos da América no Brasil, para tratar de parcerias futuras em prol do desenvolvimento da capital maranhense. Na ocasião, foi discutido o apoio para a execução de projetos nas áreas de patrimônio histórico, turismo e cultura locais. 

“Estreitar laços com outros países para promover o desenvolvimento de São Luís é um dos nossos objetivos. A nossa missão e de toda a equipe da Prefeitura é fazer de São Luís uma cidade inteligente, sustentável e humana. Temos vários projetos em andamento, outros sendo planejados, e apoios são fundamentais para fazermos da nossa cidade um lugar melhor para se viver”, disse o prefeito Eduardo Braide. 

A delegação, capitaneada pela cônsul-geral dos Estados Unidos no Brasil, em Recife, Jéssica Simon, ouviu as demandas do prefeito Eduardo Braide e dos secretários municipais de Turismo, Saulo Santos; de Cultura, Marco Duailibe; da presidente da Fundação Municipal do Patrimônio Histórico, Kátia Bogéa, e do secretário-adjunto de Governo, Enéas Fernandes, apresentadas a fim da captação de apoio para a potencialização das iniciativas pensadas, ou já em execução, pela gestão atual. 

Entre as ressalvas do encontro, considerando as áreas de interesse de apoio pleiteado pela Prefeitura de São Luís junto à embaixada norte-americana em Recife, que abrange oito dos nove estados nordestinos, foi destacado o ritmo da vacinação contra a Covid-19 na capital maranhense, fato considerado relevante pelos membros do consultado para o firmamento de parcerias. 

“O senhor está de parabéns. O avanço da vacinação é impressionante”, disse ao prefeito, durante a reunião, a cônsul-geral do Estados Unidos no Brasil, em Recife, Jéssica Simon, que estava acompanhada do cônsul de diplomacia pública, Jeffrey Lodermeie, da vice-cônsul Surayya Diggs, e do chefe da seção para assuntos de meio ambiente da embaixada, Glen Fedzer. 

Ainda quanto ao enfrentamento da pandemia da Covid-19, respondendo a questionamentos da comitiva americana, o prefeito Eduardo Braide ressaltou as medidas que foram tomadas nos últimos meses para mitigar os efeitos da crise sanitária, como o programa “Alvará Zero” – de isenção das taxas de alvará, a fim de subsidiar as microempresas; o Auxílio Emergencial para os fazedores de cultura, e, mais recentemente, o Programa São Luís Cultural – também de auxílio financeiro à classe. 

Por todo o trabalho que vem sendo realizado, o prefeito disse que foi possível evitar maiores impactos econômicos em São Luís e dar início à retomada do turismo, cada vez mais seguro com o avanço da vacinação que já se aproxima de 90% da população imunizada com as duas doses ou dose única de um dos imunizantes disponíveis na cidade, pelos quais o chefe do Executivo Municipal agradeceu, em parte, aos Estados Unidos, que vem doando imunizantes a países onde a situação foi mais crítica, como o Brasil. 

Ao fim do encontro, o prefeito Eduardo Braide entregou à embaixadora Jéssica Simon um quadro com uma reprodução da sede da Prefeitura de São Luís, o Palácio de La Ravadiére, que faz parte do acervo arquitetônico reconhecido como Patrimônio Cultural Mundial pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), em 1997. Os demais membros também foram presenteados.

VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias