CORONAVÍRUS

No Maranhão

4074
184668
177115
4014
ROBINHO

Contratação de Robinho gera revolta em brasileiros

“Estou rindo porque não estou nem aí, a mulher estava completamente bêbada, não sabe nem o que aconteceu”, conta Robinho

Foto: Alexandre Schneider/Getty Images.

Estou rindo porque não estou nem aí, a mulher estava completamente bêbada, não sabe nem o que aconteceu” essa foi uma das falas do jogador Robinho em uma de suas conversas gravadas pela Justiça Italiana. O jogador contratado recentemente pelo Santos.

A contratação de Robinho pelo Santos gerou revolta e indignação em muitos brasileiros. O jogador, que foi talento revelado pelo clube, foi condenado em novembro de 2017 em primeira instância a 9 anos de prisão pelo crime de violência sexual de grupo contra uma jovem albanesa ocorrido em janeiro de 2013 em uma boate de Milão, Itália.

Um dos patrocinadores rescindiu contrato com o Santos por não querer ter sua imagem associada ao clube que fez a contratação do brasileiro sabendo da situação judicial dele. De acordo com profissionais do campo jurídico, o Santos não cometeu ilegalidade na contratação.

Pelo lado moral, internautas se manifestaram nas redes em oposição à atitude do time. Segundo eles a contratação do jogador é um ato de desrespeito à comunidade. Em 2014 Robinho admitiu ter relações sexuais com a vítima e alegou que teria sido sexo oral consensual. Um outro acusado, Ricardo Falco, teve comprovado seu sémen nas roupas da vítima.

Foram feitas gravações de ligações e escutas no carro de Robinho com autorização da Justiça da Itália. As gravações mostram conversas consideradas”auto acusatórias” pela Justiça.

Juntamente com ele, outros quatro homens são réus do caso. Apesar da condenação em primeira instância, Robinho ainda pode se defender até a terceira instância na Justiça Italiana.

Foto: Reprodução.

A condenação em segunda instância deve ser concluída nos primeiros meses de 2021, segundo os advogados envolvidos no caso. Após a segunda instância ainda haverá encaminhamento para a Corte de Cassação, que é equivalente ao Supremo Tribunal do Brasil.

Veja a seguir alguns trechos das conversas entre Robinho e outras pessoas:

Alerta: Se você não se sentir à vontade diante das falas, consideradas pesadas, não continue lendo a matéria.

 

Falco: Ela se lembra da situação. Ela sabe que todos transaram com ela.”

Robinho: O (NOME DE AMIGO 1) tenho certeza que gozou dentro dela.”

Falco: “Não acredito. Naquele dia ela não conseguia fazer nada, nem mesmo ficar em pé, ela estava realmente fora de si.”

Robinho:Sim.”

Robinho ainda completou em uma das conversas:

“Olha, os caras estão na merda… Ainda bem que existe Deus, porque eu nem toquei aquela garota. Vi (NOME DE AMIGO 2), e os outros foderam ela, eles vão ter problemas, não eu… Lembro que os caras que pegaram ela foram (NOME DE AMIGO 1) e (NOME DE AMIGO 2)…. Eram cinco em cima dela.” 

Em uma conversa com o músico Jairo Chagas, Robinho conta sobre as acusações.

Robinho:A polícia não pode dizer nada, eu direi que estava com você e depois fui para casa.”

Jairo:  “Mas você também transou com a mulher?”

Robinho: “Não, eu tentei. (NOME DE AMIGO 1), (NOME DE AMIGO 2), (NOME DE AMIGO 3)…”

Jairo: “Eu te vi quando colocava o pênis dentro da boca dela.”

Robinho: “Isso não significa transar.”

A falar sobre o caso, um criminalista brasileiro conta que sexo oral não consensual é considerado crime sexual e passível de pena.

Relembre o caso

Em 21 de janeiro de 2013, uma jovem albanesa de 23 anos comemorava seu aniversário em uma boate em Milão, na Itália, onde houve o show do cantor Jairo Chagas. O jogador Robinho estava com sua esposa na boate junto com quatro amigos.

De acordo com a vítima, que conheceu o jogador dois anos antes do ocorrido, o crime aconteceu no camarote do cantor brasileiro Jairo Chagas, que afirmou que os outro quatro homens que estavam com Robinho, também eram brasileiros.

Segundo a jovem, eles estiveram juntos após a mulher de Robinho deixar a festa. Ela se lembra de pouca coisa e conta que ficou inconsciente pela quantidade álcool, sem condições de falar ou ficar de pé.

” Acredito que no início estivesse fazendo sexo oral em [NOME DO AMIGO 3], e Robinho aproveitava de mim de outro modo, e depois eles trocaram de papel, dali não me recordo mais nada porque me encontrei rodeada pelos rapazes, não sabia o que acontecia” , relatou a vítima em depoimento.

Ela conta que ouviu Robinho pedir um preservativo a um dos amigos dele e que começou a chorar, após isso o cantor Jairo foi consolá-la. De acordo com a investigação, a mulher foi levada da boate carregada pelos brasileiros, no carro de Robinho e depois no carro de Falco.

O caso segue em processo pela Justiça da Itália, e Robinho continua como contratado pelo Santos.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Esportes
Polícia
Mais Notícias