SÃO LUÍS

Galeria é construída para acabar com enchentes na Vila Conceição

Por anos a água da chuva enchia e fazia transbordar o Rio Calhau, que corta a rua Warlinda Chagas. Muitos moradores tiveram suas casas inundadas

Foto: Thayane Maramaldo

Os moradores da rua Warlinda Chagas, localizada no bairro Vila Conceição (Calhau), em São Luís, sofreram por anos com os alagamentos provocados pela água da chuva, que enchia e fazia transbordar o Rio Calhau, que corta a rua.

Agora, está sendo construída na região uma galeria de aproximadamente 45 metros, com o objetivo de melhorar a captação e escoamento das águas do rio e permitir que a população consiga transitar pelo trecho, que antes era impossível de ser atravessado de carro ou de motocicleta. Com dificuldade, alguns pedestres ainda conseguiam caminhar pela área, correndo o risco de cair em buracos gerados pela erosão das águas do rio.

As obras no local estão sendo realizadas pela empresa Dimensão Engenharia, que está fornecendo todo o material, mão de obra e equipamentos necessários.

No período chuvoso de São Luís o alagamento da rua era tanto que chegava a invadir inúmeras residências. Um dos moradores que teve sua casa invadida pela água foi Hermínio Marcos Ribeiro, aposentado, que mora na Vila Conceição há 14 anos, e sempre sofreu com as enchentes. “Aconteceu da água invadir minha casa inteira duas vezes. Da última vez os vizinhos até acharam que eu tinha morrido lá dentro, porque foi bastante água. Mas, graças a Deus, nesse dia eu não estava em casa, quando cheguei só vi o prejuízo”, lamentou ele.

Hermínio Marcos Ribeiro, mora na Vila Conceição há 14 anos e sempre sofreu com as enchentes

Com as obras a todo vapor, seu Hermínio, agora, comemora as mudanças que estão por vir. “Isso aqui vai beneficiar muito a gente. Além da água parar de entrar nas casas, vai melhorar também o trânsito. Antes vinha carroceiro jogar entulho pra gente conseguir passar pelo menos quando não era época de chuva. Agora vai desobstruir aqui e vai ser ótimo não só pra nós, mas também pra quem é de bairros vizinhos e precisa passar por aqui”, disse o morador.

Outra moradora que constantemente foi vítima dos alagamentos é Raimunda de Melo, que comercializa alimentos que cultiva em uma pequena horta em sua casa. Segundo ela, os problemas de infraestrutura da rua atrapalhavam a venda de seus produtos. “Eu vendo os alimentos da minha horta aqui em casa mesmo, mas com a rua desse jeito, era tanta água que não dava pra atravessar de um lado para o outro da rua. Não atravessava nem quem vinha a pé nem quem vinha de carro. Quando chovia ficava parecendo um brejo”, contou ela.

A água da chuva chegou a derrubar o muro da casa de Dona Raimunda

A dona Raimunda também teve sua casa invadida pela água diversas vezes. “A água entrava com tanta força que derrubava meu muro, que tinha que ser reconstruído toda as vezes. Eu e outros vizinhos perdemos muitas coisas, como roupa, colchão, eletrodomésticos. A gente precisava sempre contar com a ajuda de doações”, disse ela.

“Todos nós moradores estamos muito felizes com essa obra. Eu agradeço demais o trabalho que a Dimensão Engenharia tá fazendo aqui por nós. É nosso presente de Natal e Ano Novo, agora sim nós vamos poder dormir tranquilos”, comemora dona Raimunda.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias