AVIÃO DA FAB

Militar da comitiva de Bolsonaro é preso com 39 quilos de cocaína na Espanha

O funcionário integrava a equipe da aeronave reserva que acompanha o grupo

Foto: Reprodução

Um militar que estava na comitiva do presidente Jair Bolsonaro (PSL) foi detido no aeroporto de Sevilha, na Espanha, por porte de drogas. O presidente está em viagem para Osaka, no Japão, onde participa da cúpula do G20.

Segundo autoridades aduaneiras da Espanha, o militar carregava 39 quilos de cocaína divididos em 37 pacotes em sua bagagem de mão.

Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, o funcionário não estava no avião do presidente, mas integrava a equipe da aeronave reserva que acompanha o grupo. O avião fez uma escala na Espanha, onde a polícia encontrou entorpecentes na bagagem do militar.

Em nota, o Ministério da Defesa confirmou a detenção, e informou que foi determinada a instauração de um Inquérito Policial Militar para apurar os fatos.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias