VIOLÊNCIA

9 Relatos traumatizantes de abusos sofridos por mulheres em São Luís

Neste março, Mês da Mulher, mulheres ludovicenses resolveram compartilhar histórias de violências que carregam consigo até hoje

Foto: Reprodução

Março é considerado o Mês da Mulher. Por dias, as guerreiras são parabenizadas por serem quem são. Entretanto, em um país onde uma mulher é vítima de estupro a cada nove minutos e três morrem por feminicídio todos os dias, flores de presente não são suficientes para aliviar o peso que carregam em suas lutas diárias.

Pensando nisso, reunimos 9 relatos traumatizantes de abusos sofridos por mulheres de São Luís que quiseram compartilhar a sua história. A facilidade de uma mulher se identificar com alguns deles é imensa – o que prova o quão naturalizado é o desrespeito contra o gênero.

*As identidades foram ocultadas por questões de segurança.

O padrasto

C. C., 12 anos na época

“Quando eu tinha uns 12 anos, meu padrasto saiu do banheiro nu e me abraçou por trás, e no mesmo ano ele entrou bêbado no banheiro e me viu nua. Alguns meses antes da minha mãe falecer, no dia de Natal, eu cheguei em casa e ele estava gritando em cima da minha mãe e pressionando ela contra a pia da cozinha.”

Próxima »1 / 8
VER COMENTÁRIOS
COLUNAS E OPINIÃO
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias