São Paulo

Ricardo Boechat morre após queda de helicóptero

Segundo o Corpo de Bombeiros de SP, a queda da aeronave foi no sentido Castelo Branco, próximo ao pedágio na Jabaquara.

Reprodução

O jornalista Ricardo Boechat, 66 anos, é umas das vítimas que morreram na queda de um helicóptero no Rodoanel, em São Paulo, no início da tarde desata segunda-feira (11/2). A informação foi confirmada pela TV Bandeirantes.

De acordo com informações preliminares do Corpo de Bombeiros, o piloto e Boechat morreram carbonizados. A aeronave caiu sobre um caminhão. O motorista do veículo foi socorrido pela concessionária da rodovia, a CCR.

Ainda segundo a corporação, os dois ocupantes do helicóptero foram carbonizados. Ao todo, 11 carros de resgate foram enviados ao local. O acidente foi no quilômetro 7 da via, sentido Castelo Branco, próximo a um posto de cobrança de pedágio. Pouco depois das 13h, o Corpo de Bombeiros informou que as chamas foram apagadas.

Ainda não se sabe as causas do acidente. A via foi interditada para o resgate. Segundo a CCR, os motoristas tem como opção acessar a Anhanguera sentido São Paulo e retornar no km 18 para seguir sentido Jundiaí/Campinas

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS