TRAGÉDIA

Vísceras encontradas em Mangue Seco podem ser de jovens desaparecidos

Equipe do Corpo de Bombeiros continua no local e prossegue com as buscas

Coronel Célio Roberto, comandante do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão, acaba de confirmar que foram encontradas no local das buscas, região do Mangue Seco, vísceras que podem ser de um dos jovens pescadores desaparecidos desde a última sexta-feira, 11. “Os fragmentos podem ser de corpo humano. Cabe ao IML analisar e identificar”, afirmou o coronel.

A equipe do Corpo de Bombeiros continua no local dando continuidade às buscas. Os desaparecidos são Lucas Freire Veras Barbosa, de 15 anos, e Felipe da Silva Conceição, de 17 anos.

Entenda o Caso

No final da tarde desta sexta-feira, 11, o que deveria ser somente uma pescaria acabou em tragédia. Seis pescadores foram tragados pela maré na região do Mangue Seco, localizada no Araçagi.

Segundo informações do Coronel Célio Roberto, do Corpo de Bombeiros do Maranhão, o grupo de pescadores estava realizando uma pescaria com rede tipo tarrafa quando foram levados por uma forte correnteza. Três pessoas foram resgatadas, uma foi encontrada sem vida e duas ainda continuam desaparecidas. “A maré estava alta no momento da pescaria. Talvez isso tenha acontecido por não conhecerem bem a área”, informou o coronel.

Os pescadores resgatados com vida foram identificados como João Carlos da Silva Conceição, 17 anos; Denilson Oliveira Ribeiro, 16 anos; e Carlos Antônio da Conceição, de 40 anos. Eles foram levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Araçagi. José de Ribamar de Sousa de 45 anos veio a óbito.

Por falta de visibilidade, a operação foi finalizada às 20h da sexta-feira, 11, e retomou no início da manhã deste sábado, 12.

Aguarde mais informações

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS