PENTE-FINO INSS

Beneficiários do INSS têm até amanhã para agendar perícia de revisão

O objetivo é fazer uma avaliação para verificar se estas pessoas ainda fazem jus ao benefício. A meta do governo federal é fazer um pente-fino em 1,2 milhão de benefícios

Beneficiários que não fizerem a revisão podem perder o benefício

Beneficiários de auxílio-doença e aposentadoria por invalidez que foram convocados em 23 de março pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) têm até esta sexta-feira, 13, para agendar a perícia de revisão do benefício. A marcação deve ser feita por meio do telefone 135.

Caso a perícia não seja marcada, o pagamento ficará suspenso até o convocado regularizar sua situação. A partir da suspensão, o beneficiário tem até 60 dias para marcar o exame. Se não procurar o INSS neste prazo, o pagamento será cancelado.

Foram chamados 94 mil pessoas que não foram encontradas por alguma inconsistência no endereço e quem recebeu a carta, mas não agendou a perícia no prazo determinado.

Para saber se precisa atender à convocação, o beneficiário deve verificar se o nome consta no Diário Oficial da União (DOU), que pode ser acessado pela internet. O edital com a relação de chamados está entre as páginas 109 e 506.

No início de março, mais de 522 mil cartas de convocação foram enviadas para os beneficiários de auxílio-doença que estão há mais de dois anos sem passar por uma perícia médica e para os aposentados por invalidez com menos de 60 anos. O objetivo é fazer uma avaliação para verificar se estas pessoas ainda fazem jus ao benefício.

A meta do governo federal é fazer um pente-fino em 1,2 milhão de benefícios por incapacidade ao longo 2018, sendo 273.803 de auxílio-doença e 995.107 de aposentadorias por invalidez.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS