Operação Combate à Corrupção

Tenente Coronel da PM é preso por suspeita de participar de contrabando

Segundo informações repassadas pela Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP/MA), o ex- Tenente deve ser apresentado nesta quarta-feira, 07

Reprodução

Foi preso na tarde desta terça-feira,06, o tenente coronel Antonio Eriverton Nunes Araújo, por suspeita de envolvimento na quadrilha de contrabandistas descoberta na Operação Combate à Corrupção no Maranhão. Eriverton é o nono militar preso desde o desencadeamento da operação.

Antonio Eriverton é ex-comandante do 21º Batalhão da Polícia Militar (21º BPM) e foi preso em Belém – PA, após um pedido de prisão preventiva ter sido expedido pela justiça maranhense.

Segundo informações repassadas pela Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP/MA), o ex- Tenente deve ser apresentado nesta quarta-feira,07, e se desloca para a capital maranhense em um helicóptero do Centro Tático Aéreo (CTA).

Operação

No dia 22 de fevereiro, guarnições das polícias civil e militar deram início a uma operação no povoado Arraial, no Quebra-Pote. A ação combateu organização criminosa que iria receber carregamento de mercadorias e armas contrabandeadas, através de um porto particular.No local, foi encontrada grande quantidade de armamento, várias caixas de bebidas destiladas e cigarros. 

Na última sexta-feira, 2, a Justiça do Maranhão acatou o pedido de prisão do ex-superintendente da Seic, Tiago Bardal, e do advogado Ricardo Belo, feito pela Secretaria de Segurança Pública no último sábado, 24. Bardal foi exonerado do cargo por suspeita de envolvimento em organização criminosa com grande atuação em São Luís. 

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS