SAÚDE

Rede municipal terá cirurgia inédita

Hospital da Mulher, no Anjo da Guarda, realiza operação endoscópica pela primeira vez na história de São Luís

Reprodução

Pela primeira vez no Maranhão uma cirurgia endoscópica de coluna será oferecida na rede pública municipal de saúde. O procedimento, que será realizado na próxima terça-feira (6), no Hospital da Mulher, localizado no Anjo da Guarda, é mais um resultado dos investimentos que a gestão do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, vem realizando para ampliar o alcance de serviços públicos na área da saúde. A oferta do procedimento pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) comprova os avanços do poder público municipal nessa área.
O prefeito Edivaldo destaca que o procedimento faz parte da modernização e universalização da área, oferecendo um serviço de qualidade aos usuários, como preconiza o Sistema Único de Saúde (SUS). “O fato de o procedimento ser novidade também na rede privada indica a mudança de uma realidade que era predominante na capital, onde os serviços públicos estavam aquém dos que eram oferecidos na rede privada. Hoje, com compromisso e investimento, estamos aprimorando os nossos serviços”, diz o gestor.
O secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, explica que os reflexos dessas melhorias são perceptíveis no Hospital da Mulher, onde será realizado o procedimento. “A Prefeitura vem trabalhando para oferecer serviços de vanguarda e ampliar cada vez mais a oferta de procedimentos de alta complexidade na rede pública municipal. O Hospital da Mulher, por exemplo, já é uma referência em neurocirurgia, com um grande número de procedimentos sendo realizados em condições de excelência”, afirma.

CIRURGIA

A cirurgia endoscópica de coluna é realizada por vídeo, portanto, é uma técnica de mínima invasão. Além de ser um procedimento que leva menos tempo do que a cirurgia tradicional, a cirurgia endoscópica de coluna possui entre as vantagens um tempo menor de recuperação, a necessidade de um corte menor do que na cirurgia convencional e menor dor durante o pós-operatório. Entre outras patologias, o procedimento é indicado para tratamento de hérnia de disco, que pode provocar dor aguda, dormência e demais sintomas.
A diretora administrativa do Hospital da Mulher, Francisca Duarte, destaca que o procedimento inédito acompanha os avanços que estão sendo implementados na unidade de saúde. “A cirurgia vai beneficiar muitos os pacientes e atender as demandas que forem surgindo. Além dessa, são muitas as melhorias que estamos contabilizando aqui no Hospital da Mulher desde o início da gestão do prefeito Edivaldo”, diz a gestora da unidade.

IMPLANTAÇÃO

A implantação do Sistema de Abastecimento de Água da cidade de Tutóia foi iniciada com os serviços de captação. Foi realizada a construção de dois tubulões em aço patinável, estrutura de alta resistência e indicada para solos com presença de lençol freático, fazendo a captação de água direta do Riacho Bom Gosto. Paralelo a isso, foram realizadas as obras para construção da Estação Elevatória de Água Bruta e a construção de Casa de Bombas para abrigar dois conjuntos moto-bombas. Um dos pontos mais importantes no processo de implantação do sistema foi a construção de uma Estação de Tratamento de Água convencional em concreto armado, apropriada para tratar, por hora, 2 mil litros da água captada no riacho. Também foram reestruturados e recuperados reservatórios. Após a estruturação de todo o parque para captação, tratamento e distribuição da água, foram realizados os serviços para chegada da água aos bairros, a exemplo dos bairros Paxicá, Comum e Bom Gosto. Inicialmente foram realizadas 1.380 ligações domiciliares em áreas próximas a ETA, e quando a rede de distribuição já possuía 64 km de extensão, foram totalizadas 4.380 novas ligações.

AVANÇOS NO HOSPITAL DA MULHER

No primeiro ano da gestão do prefeito Edivaldo, o Hospital da Mulher foi completamente reformado e reativado. Desde então, a unidade tornou-se referência em saúde da mulher no estado. Entre as melhorias implementadas pela gestão municipal estão a ampliação do número de leitos de internação e a implantação de 10 leitos de UTI. Também passaram a ser ofertados serviços de diagnóstico por imagem, como tomografia computadorizada, raio X e ultrassom, além de procedimentos como eletroneuromiografia, biópsias, punção de mama e de tireoide e retirada de nódulos benignos.
No ano passado, o Hospital da Mulher, pela promoção do acesso e qualificação dos serviços de saúde, foi reconhecido pela Câmara Federal como Hospital Amigo da Mulher. Além disso, desde 2016 a unidade é considerada pelo Ministério da Saúde (MS) como referência de assistência em alta complexidade na especialidade médica de neurocirurgia. Com a habilitação, o MS confirma e reconhece que os investimentos que a atual gestão tem realizado têm proporcionando aos maranhenses uma rede de saúde pública de qualidade.

SOLUCIONANDO IMPASSES

No primeiro ano da gestão do prefeito Edivaldo, o Hospital da Mulher foi completamente reformado e reativado. Desde então, a unidade tornou-se referência em saúde da mulher no estado. Entre as melhorias implementadas pela gestão municipal estão a ampliação do número de leitos de internação e a implantação de 10 leitos de UTI. Também passaram a ser ofertados serviços de diagnóstico por imagem, como tomografia computadorizada, raio X e ultrassom, além de procedimentos como eletroneuromiografia, biópsias, punção de mama e de tireoide e retirada de nódulos benignos.
No ano passado, o Hospital da Mulher, pela promoção do acesso e qualificação dos serviços de saúde, foi reconhecido pela Câmara Federal como Hospital Amigo da Mulher. Além disso, desde 2016 a unidade é considerada pelo Ministério da Saúde (MS) como referência de assistência em alta complexidade na especialidade médica de neurocirurgia. Com a habilitação, o MS confirma e reconhece que os investimentos que a atual gestão tem realizado têm proporcionando aos maranhenses uma rede de saúde pública de qualidade.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS