Ferry Boat

Baixada Maranhense é destino mais procurado para o feriado

A rapidez da viagem aliada ao preço sempre foram motivos que impulsionavam a escolha pelo transporte aquaviário

Reprodução

Já estamos na semana santa e o feriado da sexta feira, 30, já foi marcado na agenda de muitos como uma ótima oportunidade de rever familiares, aproveitar a folga do feriadão, participar das festas religiosas nos municípios da baixada ou apenas descansar durante três dias longe da agitação da capital.

Para grande parte dessas pessoas a primeira opção como meio de transporte para os municípios da baixada é o Ferry Boat, que sai do Terminal da Ponta da Espera em São Luis até o Terminal do Cujupe, em Alcântara, de onde o restante do caminho através das rodovias fica mais fácil e rápido para municípios como Pinheiro, Bequimão, São Bento entre outros.

A rapidez da viagem aliada ao preço sempre foram motivos que impulsionavam a escolha pelo transporte aquaviário e após os reajustes nos valores das passagens alguns passageiros tiveram que colocar na ponta do lápis para calcular se ainda era mais vantajoso seguir pela água ou através da BR 135 passando pelo estreito dos mosquitos e seguindo por Bacabeira.

A alteração em vigor desde o dia 22 de março foi efetivada pela Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB) que autorizou o aumento tarifário médio de 10,32% nos valores das passagens por conta da recomposição tarifária é causada por aumentos do diesel marítimo autorizados pelo Governo Federal.

Fazendo as contas dá

Apesar do aumento significativo nos valores das passagens do Ferry, principalmente para as pessoas que viajam com automóveis, onde veículos pequenos passaram de R$ 70,00 para R$ 77,00, veículos médios que antes pagavam R$ 80,00 passaram a pagar R$ 88,00 e Pick Ups sofreram alteração de R$ 90,00 para R$ 100,00 reais, a relação custo beneficio ainda parece vantajosa para alguns motoristas que afirmam ainda considerar o a viajem pela balsa mais barata.

Com os valores do combustível nas alturas a viajem por terra sairia muito mais cara, segundo alega o professor Ricardo Maciel que se planeja para ir à cidade de Pinheiro passar o feriado com familiares. “Se eu for por cima com a gente chama, seguindo o caminho inteiro pela rodovia, teria que encher pelo menos um tanque do carro duas vezes que não sairia por menos de R$ 140 reais, isso se eu achasse um posto mais barato. Fazendo as contas no que eu gastaria na viagem terrestre e pelo Ferry, ainda sai mais em conta ir de Ferry”.

De acordo com a Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP) já começou a ser registrado aumento na procura de passagens na quarta e quinta feira, restando poucos horários disponíveis de viagem na quinta feira.

Segundo o setor administrativo do terminal as passagens da Ponta da Espera são realizadas diariamente 12 viagens através do terminal e viagens extras só ocorrerão caso administração perceba a necessidade de acordo com a demanda de passageiros. Em caso de inclusão de barcas extras pode ser realizadas até mais 3 viagens extras nos dias de maior fluxo.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS