DICAS

O que comer, vestir e como evitar ressaca no Carnaval

Com a maratona de blocos ainda no mês de janeiro, o folião vai precisar de fôlego para aguentar até o carnaval, que acontece oficialmente no dias 11, 12 e 13 de fevereiro. Haja fôlego!

carnaval sao luis

Pré-Carnaval no Centro Histórico de São Luís (Foto: Honório Moreira)

O carnaval ainda não começou, mas, até lá, muitos blocos vão passar. Para curtir a folia sem causar danos à saúde, é preciso adotar alguns hábitos diferentes no seu dia a dia. Veja uma seleção de dicas fáceis de seguir e que vão fazer toda a diferença no seu pique para aguentar a festa até sua data oficial.

Veja aqui galeria de fotos do Pré-Carnaval de São Luís

Alimentação durante o Carnaval

“Consuma muito carboidrato complexo, como arroz, pão e macarrão, que deixa o metabolismo mais estável”, aconselha a nutricionista Dra. Hevoise Papini. Fazer um lanchinho durante a folia também é essencial, mas fuja das frituras e invista em sanduíches mais leves. A fritura pode deixar você mais “pesada”, já que a digestão é lenta.

Foto: Reprodução

Sanduíche

O lanche perfeito tem entre 200 e 500 calorias e mistura carboidrato com proteína magra. A clássica receita de pão integral com cenoura ralada, alface e frios como queijo branco e peito de peru é uma ótima pedida.

Bebidas

Além da água, opte também por água de coco, suco de frutas ou então isotônicos para reposição dos minerais perdidos com a transpiração excessiva”, enumera a nutricionista Audrey Abe, do site NaturalemCasa.com.

Foto: Reprodução

O que vestir no Carnaval

Não dispensa a sandália alta no samba? Muitas rainhas de bateria usam bandagens para proteger os pés, mas isso não impede machucados. Leve sempre um chinelo para o fim da festa e lembre-se: tênis é sempre uma boa opção. Roupas leves e confortáveis também são ideais para quem quer brincar à vontade. Aprenda a customizar abadás.

Foto: Reprodução

Atenção às sandálias

Nos pés, nada de sandálias com tiras rígidas. “O sapato não pode ter pontos de pressão”, indica o podólogo Fábio Carvalho, da Clinic Pé. O especialista adverte: “Se for de sandália rasteirinha, fique muito atenta, porque um pisão mais forte pode acabar com sua festa. A maior parte dos atendimentos que faço depois do carnaval é de pisões com lesões na unha”.

Se você machucou o pé no meio da folia, saia da multidão e lave o ferimento com água corrente e sabão. Se for uma pancada, coloque gelo e procure um médico. “Se tiver lesionado a unha, nunca arranque sozinha, porque pode infeccionar. Saiba que a unha demora cerca de um ano para crescer completamente”, alerta o podólogo. Depois de uma noite inteira pulando carnaval, reserve um tempo para fazer um escalda-pés: coloque-os em uma mistura de água morna com sal. Depois de 20 minutos, enxague, seque entre os dedos e massageie os pés com um gel ou creme relaxante.

Como evitar ressaca

Prepare e tome diariamente um suco que hidrata e evita a ressaca. No liquidificador, bata duas frutas de sua preferência; uma laranja; um punhado de folha verde (pode ser couve ou agrião); um copo de água de coco; uma cenoura; gotinhas de limão e pedacinhos de gengibre a gosto.

Foto: Reprodução

É isso aí, bom Carnaval!

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS