FÉRIAS

Praias são os destinos mais procurados pelos ludovicenses

Aproveitando o período de férias, muitos ludovicenses e turistas movimentam a orla marítima, mesmo durante a semana, para aproveitar o sol e aliviar o calor de São Luís

Foto: Honório Moreira

O Natal já passou. O ano já virou. E agora é hora de acalmar os ânimos para poder começar bem o ano, certo? Errado! Embora as festas de fim de ano tenham passado, muitos ainda usufruem o tempo livre para aproveitar as mais variadas opções de diversão. Mesmo em dia de semana, as praias de São Luís são um atrativo bastante visitado pelos que ainda podem aproveitar o período de férias.

A equipe de O Imparcial também foi às praias, não para aproveitar o sol ou a água de coco, mas para acompanhar a movimentação na orla marítima ludovicense. Mesmo em dia de semana, era possível observar a grande quantidade de banhistas percorrendo o estirão de areia próximo à praia. Sem contar os vários consumidores que preferiram curtir a maresia nos bares do calçadão.

Daniela Reis, que nasceu em São Luís, mas há 10 anos reside na cidade de Brasília, comenta que sente saudade de vir à praia e que, sempre que vem à capital maranhense, não perde a oportunidade de tomar banho de mar. “Eu moro há 10 anos em Brasília e sempre venho passar o Natal e Ano Novo com a família. É sagrado eu vir à praia com a família porque, você sabe, Brasília não tem praia. Não tem esse litoral que tem aqui, então, aproveito ao máximo”, relata.

O contador Felipe Volckin, que mora em Curitiba, no Paraná, veio passar as festas de fim de ano com a família da esposa. Segundo ele, é sempre uma alegria voltar a São Luís. “Eu venho de ano em ano para São Luís e sempre é um prazer. Mesmo com os problemas que sei que a cidade enfrenta, é muito bom voltar para cá. Estou aproveitando como posso”, declara.

Alice Gomes, acadêmica do curso de Odontologia, também foi aproveitar a praia durante as férias, acompanhada do sobrinho, mas comenta sobre a falta de opções de lazer, principalmente para o período de férias. “Aqui a gente tem um agravante: nós temos poucas opções de diversão. A praia acaba sendo uma opção divertida e acessível para a grande maioria das pessoas”, diz.

Balneabilidade

Para manter a população informada sobre quais são os pontos próprios para banho, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) divulga laudos semanais que comprovam a balneabilidade das praias da Grande Ilha.

No laudo divulgado no último dia 29 de dezembro, das 21 amostras coletadas pela orla marítima, sete pontos foram considerados impróprios para banho. São eles: Praia da Ponta d’Areia (próximo ao Hotel Praia Mar, atrás do Bar do Dodô, em frente à Praça de Apoio ao Banhista, em frente ao Edifício Herbene Regadas e em frente ao Hotel Brisa Mar), Praia de São Marcos, na região onde se encontra a foz do Rio Calhau, e na Praia do Olho d’Água, à direita da Elevatória Pimenta I.

As análises foram feitas por técnicos da Sema. Para concluir o estudo, foram coletadas e analisadas amostras de água de 21 pontos distribuídos nas praias da Ponta d’Areia, São Marcos, Calhau, Olho d’Água, Praia do Meio e Araçagi.

Vendas na orla também em alta

Foto: Honório Moreira

Na Praia da Litorânea, além dos banhistas, era grande o fluxo de vendedores ambulantes. Ovo de codorna, camarão, sorvete, queijo, suco, salgados… Cada um a seu modo andava pela orla em busca de clientes. É o caso de Antônio Oliveira, que trabalha vendendo sorvetes e picolés.

“Mesmo sendo um dia de semana, mas a movimentação está bastante intensa. Nesse período de fim de ano, as vendas sempre aumentam em 100% e isso é muito bom. Por isso, não dá para perder nenhuma oportunidade de venda. As últimas semanas antes do fim das férias são as melhores, porque é quando todo mundo vem para a praia tentar aproveitar o tempo de descanso”, revela.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS