REAJUSTE

Gasolina tem reajuste de até 12,14% em São Luís

O preço cobrado ao consumidor pela gasolina comum, em São Luís, na semana passada, variava entre R$ 3,46 e R$ 3,69. Depois do feriadão, a gasolina passou a ser encontrada por até R$ 3,88

Foto: Honório Moreira

Após o feriado prolongado, o consumidor foi surpreendido no primeiro dia útil da semana com o aumento no valor da gasolina comum nos postos da capital maranhense.

Em um estabelecimento localizado na Avenida Jerônimo de Albuquerque, em São Luís, o preço da gasolina passou de R$ 3,55 para R$ 3,77. Em outros postos, o litro da gasolina passou a ser cobrado a R$ 3,88.

O comportamento dos preços pode refletir os reajustes anunciados pela Petrobras duas vezes na semana passada, na quarta-feira, 20, e na quinta-feira, 21. O último aumento foi de 1,1% para a gasolina e de 0,5% para o diesel, que começou a valer na sexta-feira, 22.

Na semana anterior, o litro da gasolina ainda podia ser encontrado a R$ 3,46, segundo levantamento realizado entre os dias 17 e 23 de dezembro, nos postos de combustíveis da capital, pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). De acordo com a pesquisa, o maior preço encontrado na capital chegava a R$ 3,69.

Em nível estadual, entre os 73 postos analisados, o menor preço foi constatado em São Luís (R$ 3,46) e maior foi percebido em Balsas (R$ 4,25).

Até a semana passada, o diesel podia ser encontrado a R$ 2,89 em São Luís. Em todo o estado, entre os 40 postos analisados, a média de preço cobrado pelo produto foi de R$ 3,17. O maior preço praticado no Maranhão foi de R$ 3,49 (Balsas).

Desde julho, a Petrobras adota o modelo de reajustes frequentes dos preços da gasolina e do diesel. Segundo a estatal, isso ocorre em busca de convergência no curto prazo com a paridade do mercado internacional.

Para o consumidor, o reajuste nos preços se consolida de formas diferentes, já que os postos alegam que revendem o combustível estocado ainda com o preço de compra. A volatilidade nos preços continua, pois, ontem, a Petrobras informou novo reajuste nas refinarias com queda de 0,40% no preço da gasolina e aumento de 1,10% no preço do diesel. Os novos valores valem a partir de hoje, dia 27.

“Na segunda-feira [25], consegui abastecer a R$ 2,69, pagando à vista, e já considerei caro. Hoje [26], já surge esse novo aumento. Não está dando para acompanhar”, avalia Edson Pires, analista de sistema, de 33 anos.

VER COMENTÁRIOS
LER MATÉRIA COMPLETA
MOSTRAR MAIS