FEMINICÍDIO

Mulher que escondeu assassino de ex-companheira responderá por crime

O criminoso, João Batista dos Santos, assassinou a ex-companheira a facadas; ele foi capturado pela Polícia cinco dias após o crime

A Polícia Civil registrou na manhã desta segunda-feira, 22, um Termo Circunstanciado de Ocorrência que atribui à doméstica Fernanda dos Reis, de 31 anos, o crime de favorecimento pessoal de João Batista dos Santos, preso por matar a ex-companheira, Domingas Ladyelle Sousa Maciel, a facadas na última quinta-feira, dia 16.

A técnica em enfermagem foi vítima de feminicídio na última quinta-feira, dia 16

A mulher, que disse à Polícia ser parente distante de João Batista, ajudou a esconder o assassino durante quatro dias em sua residência, no Maracanã, mesmo sabendo do crime cometido. As investigações começaram após a prisão do homem. Fernanda dos Reis “afirmou que ele chegou na casa dela no mesmo dia do fato à noite, pedindo pra ela abrigo, afirmando que o pai dele, no dia seguinte, buscaria ele já com o advogado pra apresentar na delegacia”, explicou a Delegada Viviane Azambuja, do Departamento de Feminicídio.

O crime de favorecimento pessoal está previsto no Artigo 348 do Código Penal, e, apesar de ter menor potencial ofensivo, pode resultar em multa e detenção de 15 dias a seis meses. Apesar de ter se reivindicado parente de João Batista, Fernanda dos Reis não pode ser isenta da pena, por não ter parentesco direto com o criminoso.

João Batista dos Santos, preso na manhã de segunda-feira, dia 20

O crime

Na última quinta-feira, dia 16, a técnica de enfermagem Domingas Ladyelle Sousa Maciel foi encontrada morta a facadas dentro da própria casa, localizada na Travessa Padre Madureira, no bairro do Bom Jesus. O crime de feminicídio foi cometido pelo ex-companheiro, o agente de segurança João Batista dos Santos, de quem havia se separado há três meses. O corpo foi encontrado por vizinhos. O até então principal suspeito de ter cometido o crime ficou foragido durante cinco dias, e foi capturado na manhã de segunda-feira, 20, no bairro Nova República.

MOSTRAR MAIS