Seja doador!

Hemomar lança campanha de doação de sangue

A campanha vai até o próximo sábado, 25, e ao longo dessa semana ocorrerão uma série de atividades que contemplam o incentivo a captação de sangue e reconhecimento aos doadores

Foto: Honório Moreira

Você já parou para pensar quantas pessoas precisam de doações de sangue por dia? E que um simples ato pode salvar a vida de alguém? Pensando nisso o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Maranhão (Hemomar), iniciou a campanha “Doe sangue, alguém sempre precisa”, tema da Semana Nacional de Doação Voluntária de Sangue. A ação teve início nesta segunda-feira (20) e prossegue até sábado (25).

“A campanha tem o objetivo de fazer com que as pessoas doem sangue de forma espontânea e não apenas quando conhecem alguém que está necessitando. O ato de doar é importante, enquanto colaboração para manter estoque de sangue em condições adequadas para salvar vidas”, destacou a coordenadora do setor de captação do Hemomar, Socorro Ferreira.

Uma das dificuldades enfrentadas hoje pelos bancos de sangue é a carência de abastecimento e estoque, uma vez que uma baixa quantidade de sangue pode provocar um desequilíbrio no fluxo de funcionamento dos hospitais, principalmente por não haver substituto  – o sangue pode ser utilizado para diversas finalidades, como tratamento de pessoas com doenças crônicas (talassemia e doença falciforme), alguns tipos de câncer, transplante, cirurgias eletivas de grande porte, acidentes ou outras situações que necessitam de transfusão.

Para suprir a demanda apenas da capital seria necessário que 280 bolsas fossem doadas diariamente. Mas há muito tempo, segundo o Setor de Captação do Hemomar, essa meta não vem sendo alcançada. Além disso, nem todas as doações podem ser aproveitadas, as que apresentam alguma sorologia (doenças transmissíveis pelo sangue) devem ser descartadas.

Desde ontem, 20, até o sábado, 25, será realizada uma série de atividades que contemplam o incentivo a captação de sangue e reconhecimento aos doadores voluntários. Nesta terça-feira, 21, a unidade móvel do Hemomar estará no 24º Batalhão de Infantaria Leve, no João Paulo, para a realização de ação de coleta externa – que acontece durante toda a semana.

Quem pode doar?

Para doar, basta estar em boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos de idade (menores de 18 anos precisam de autorização) e pesar no mínimo 50 Kg. No dia da doação, é preciso ter dormido ao menos 6 horas nas últimas 24 horas, estar bem alimentado (sem alimentos gordurosos) e não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas.

No momento do procedimento é necessário apresentar um documento original com foto, que permita o reconhecimento do candidato, emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Cartão de Identidade de Profissional Liberal, Carteira de Trabalho e Previdência Social).

Entre os grupos que não podem doar sangue estão mulheres grávidas, pessoas que tiveram hepatite após os 11 anos de idade, pessoas anêmicas (o teste é feito imediatamente antes da doação), portadores de hepatites B e C, Aids, doença de chagas, malária e quem faz uso de drogas ilícitas injetáveis.

MOSTRAR MAIS