TV

Maranhenses são destaque no global Mais Você

Cinco maranhenses de diferentes gerações reúnem-se em encontro, após carta enviada à produção do programa da Ana Maria Braga

Dona Carmélia, por meio do programa da Rede Globo, conseguiu reunir as cinco gerações de mulheres de sua família. Em seguida, foi até o município de São José de Ribamar agradecer pela graça alcançada

Cinco gerações de uma família de mulheres maranhenses foram destaque ontem, no Programa Mais Você, apresentado por Ana Maria Braga. A estudante Milena de Souza Braga, de 22 anos, de São Luís, que pediu à produção que juntasse todas em um encontro.

A matriarca da família, dona Carmélia Souza, de 85 anos, mora na cidade de São João Del Rei, em Minas Gerais. Ela é mãe de Luisa Souza, de 60 anos, que mora na capital maranhense com a filha, que se chama Dayana de Souza, e com a neta, Milena de Souza, que por sua vez é mãe de Sofia Muniz, de 4 anos, trineta de dona Carmélia e a mais nova da geração das mulheres da Família Souza.

A dona Luisa Souza, filha de dona Carmélia, não via a mãe há nove meses. Mas a bisneta Milena e a trineta Sofia nunca haviam conhecido a matriarca da família por conta da distância e também porque nunca tinham condições financeiras para realizar o tão sonhadoencontro. Elas se conheciam somente por fotos. A produção do programa + Vc, então, resolveu fazer uma surpresa tanto para a Milena de Souza, quanto para dona Carmélia.

Sem avisar, a produção do programa chegou na casa de dona Carmélia e contou a história do sonho da bisneta. Dona Carmélia foi convencida a viajar de avião até o Maranhão. Ela nunca havia viajado de avião por ter medo. Apesar de morar em Minas Gerais quando foi localizada, ela estava passando um dias na casa de um filho que mora no Rio de Janeiro. A nora de dona Carmélia, Adriana, foi quem fez todo o “meio de campo” com a produção para que o tão sonhado encontro entre as cinco gerações acontecesse.

Telespectadora assídua do programa de Ana Maria Braga, dona Carmélia logo reconheceu a repórter Nádia Bochi e a equipe. “Que surpresa boa ter vocês aqui. Estou muito feliz”, disse ela recebendo a repórter que, munida de fotografias, fazia perguntas para dona Carmélia mostrando a foto da filha Luisa, da neta Dayana, da bisneta Milene e da tataraneta Sofia, que tinha também o sonho de conhecer a tataravó.

Simpática, ela aceitou o convite de voar no mesmo dia para conhecer o restante da família. Ela fez a mala rumo ao Maranhão e viajou ao lado da nora e da equipe de reportagem. Mas, antes, deu uma arrumada no cabelo branco feito algodão em frente ao espelho, conferindo a aparência, despedindo-se e abençoando o filho. E pedindo segredo para que ele não contasse nada para ninguém para não estragar a surpresa. “Não conta nada. Esse segredo é meu!”, disse ela indo para o aeroporto.

Durante o voo, que teve duração de três horas, ela mostrou-se tranquila e um pouco ansiosa pelo encontro com a família. “Nem acredito que estou indo para o Maranhão”, disse fazendo uma pausa para observar os aviões à espera dos passageiros e surpreendendo-se com o tamanhos das aeronaves. A matriarca recebeu os cumprimentos carinhosos da tripulação. E, do alto, observou a Cidade Maravilhosa em miniatura. “Meu Deus, eu nem acredito! É muito bom para ser verdade. A Luisa vai chorar tanto, pois ela não imagina que vai encontrar a mãe dela”, disse ela baixinho.

Surpresa e emoção

A equipe de reportagem ligou para Milena dizendo que gostaram da carta, mas que esta não havia sido selecionada. Como ela, Nadia Boshi estava no Maranhão e resolveu que iria gravar um depoimento com todas da família para sensibilizar a direção do programa para que pudesse promover o encontro. A surpresa contou com o apoio de dona Carmélia, que disfarçou-se com um chapéu e óculos escuros, passando-se por uma vendedora de sapatinhos para bebês. E assim aconteceu. Quando a bisneta Milena Souza estava lendo a carta que havia enviado ao programa e as outras mulheres da família gravavam seus depoimentos, a matriarca chegou de surpresa oferecendo os sapatinhos de crochê, arrancando lágrimas e sorrisos. Após a forte emoção do encontro com a família, dona Carmélia foi até Igreja de São José de Ribamar fazer o agradecimento ao padroeiro do Maranhão pela graça alcançada de reunir as mulheres de cinco gerações de uma mesma família.

MOSTRAR MAIS