SAIBA

Entenda como vai funcionar o Hospital de Traumatologia

Com 44 novos leitos oferecidos, o hospital tem Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e médicos especialistas em ortopedia e traumas, com foco no atendimento humanizado

Foto: Reprodução

Os maranhenses passam a contar com o Hospital de Traumatologia e Ortopedia (HTO), a primeira unidade capaz de lidar com diversos tipos de procedimentos envolvendo ortopedia e traumas. Já em funcionamento, o novo equipamento da Secretaria de Estado da Saúde (SES) oferece serviços ambulatoriais, consultas e procedimentos cirúrgicos.

Para conseguir atendimento no HTO, os pacientes precisam ser encaminhados por outras unidades de saúde do estado para que possam dispor dos mais variados serviços oferecidos na unidade de traumatologia e ortopedia.

Por isso, a regra é que o usuário inicie seu atendimento em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) ou em outro centro de saúde da capital ou do interior – onde o médico tem a responsabilidade de fazer a solicitação de exames e consultas médicas especializadas.

Apesar de ser o primeiro hospital especializado em traumas e ortopedia do Maranhão, a Secretaria de Estado e Saúde dispõe de outras seis unidades com capacidade de realizar atendimento em ortopedia e traumas como os hospitais macrorregionais de Caxias, Presidente Dutra, Coroatá, Pinheiro, Santa Inês e Imperatriz.

Desta forma, quem mora no interior do estado não precisa viajar para São Luís para buscar atendimento. Basta escolher uma destas opções oferecidas pela rede de saúde pública do estado. Caso o paciente precise de cuidados específicos, ocorrerá a solicitação de transferência para o HTO, por meio da Central de Regulação.

“O paciente vai dar entrada em um hospital da rede e se detectado que o local não tem condições para atendê-lo, o médico solicitará a transferência na Central de Regulação e o paciente virá de ambulância para nossa unidade”, afirmou o diretor do Hospital de Traumatologia e Ortopedia, o médico Newton Gripp.

O governador Flávio Dino destacou que, com a inauguração do HTO, o impacto positivo para a vida dos familiares e do próprio paciente, pois vão deixar de ter um ou dois anos na fila de espera para ter meses ou até semanas.

“Poucas inaugurações me emocionaram tanto quanto esta. Sabe por quê? Porque é fruto de luta. Fruto de luta, às vezes para comprovar o óbvio. Mas a melhor resposta não são palavras, são os atos, são as obras. E aqui está a resposta: um hospital dedicado a ortopedia e traumatologia de alta complexidade a serviço do povo do Maranhão”, enfatizou o governador.

Serviços oferecidos
Com 44 novos leitos oferecidos pelo HTO, sendo 10 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), e com médicos especialistas em ortopedia e traumas, a saúde pública do estado avança no cuidado humanizado, uma das preocupações da Secretaria de Estado e Saúde.

O hospital contará com três centros cirúrgicos, posto de enfermagem, sala de repouso, salas de curativo e alas especializadas no tratamento pediátrico e de idosos. A unidade possui profissionais especializados em ombro e cotovelo, joelho, quadril, quadril, coluna, mão e micro cirurgia, pé e tornozelo, trauma e ortopediatria.

A população ainda poderá contar com atendimento ambulatorial com marcação de consultas, análises clínicas, exames de imagem (radiologia, tomografia), eletrocardiografia e agência transfusional.

Além disso, o hospital disponibilizará atendimentos em cardiologia, cirurgia plástica, cirurgia vascular e geral, assim como acolhimento em enfermagem, nutrição, fisioterapia, serviço social e psicologia.

MOSTRAR MAIS