FIM DO MUNDO

3ª Guerra Mundial vai começar? Isso é sério, Horacio?

Villegas é um vidente americano que teve previsões importantes validadas. É chamado por muitos de “mensageiro de Deus”

Reprodução

Amanhã é sexta-feira 13. Será uma data como outras tantas? Repleta de superstições, mas sem nenhum efeito (negativo) prático? Para o vidente americano Horacio Villegas, não. Nesta sexta, segundo previu, ainda poderá começar a Terceira Guerra Mundial. Isso mesmo. Seria então o início de um conflito global envolvendo potências como os Estados Unidos, a Coreia do Norte, Rússia, Japão, China e Síria com riscos de levar o planeta Terra a uma devastação nuclear sem precedentes. Mas… será mesmo?

Villegas é um vidente americano que teve previsões importantes validadas. É chamado por muitos de “mensageiro de Deus”. Entre seus êxitos, está a eleição do presidente americano Donald Trump (o mesmo que está levando o mundo para a provável guerra, segundo dizem muitos especialistas). Enquanto davam como certa a vitória da democrata Hillary Clinton, ele dizia que o magnata americano das madeixas loiras seria o próximo todo poderoso do mundo. E acertou.

Para essa previsão da terceira grande guerra, o vidente disse: “A mensagem principal que as pessoas precisam saber é que entre 13 de maio e 13 de outubro de 2017 essa guerra irá começar e terminará com muita desgraça, choque e morte. A Rússia já está sendo levada à guerra pela Síria e a China será atraída pela Coréia do Norte”.

Horacio, que é católico, afirma que teve um sonho profético em que viu “bolas de fogo a cair do céu, destruindo a Terra”. “Vi pessoas a correr de um lado para o outro em pânico, a tentar esconder-se da destruição. Acredito que tenham sido símbolos de mísseis nucleares que vão cair em várias cidades do mundo”, diz ele.

Ele liga a profecia ao fato do dia 13 também ser a data da última aparição de Nossa Senhora de Fátima, que se fez presente (em luz) para pastorinhos no alto de um morro na cidade portuguesa de Fátima. Isso há 100 anos atrás. Naquela época, coincidência ou não, Nossa Senhora anunciou que a I Guerra Mundial acabaria. E acabou.

Mas a revelação não faz menção a terceira grande guerra. A revelação de Nossa Senhora do 13 de outubro respondeu aos questionamentos dos pastorinhos e disse, entre outras coisas, que a guerra acabaria e os soldados voltariam para a casa. Disse ainda que

E o conflito?
Há meses o presidente americano Donald Trump e o jovem ditador norte coreano vêm se estranhando. Trocam farpas mútuas e jogam fora a elegância diplomática. Tudo por conta da engenharia nuclear (bélica) que a Coreia diz, em tom ameaçador, ter.

Segundo resolução das Nações Unidas, nem todo país pode manter armar nucleares. Mas a Coreia dá de ombros para a norma. Kim Jong Un, o ditador gordinho, anda testando seus mísseis nos céus do Japão, o que deixa os calmos japoneses de olhos arregalados e vermelhos de irritação. Eles falam grosso. Avisam que a Correio do Norte está se metendo em uma boca daquelas e se não pararam o bicho vai pegar. Kim por sua vez diz que vai “afundar o Japão e reduzir os EUA a cinzas”.

Dito isso, podemos avaliar em que pé está o conflito? De fato nas duas últimas semanas a tensão aumentou. Os Estados Unidos foram claros nas ameaças, mas não que uma guerra é iminente. O que há, na verdade, é um jogo de empurra. Elementos suficientes para um ataque, na prática, não existem, dizem os especialistas. Muitos superestimam a capacidade nuclear das armas do Kim. Outros subestimam.

Porém, sabe-se que um conflito desse porte não seria bom pra ninguém. Até o mais louco dos ditadores pensaria muito antes de dar o primeiro tiro. Uma Terceira Guerra Mundial não revelaria vencedores. Todos perderiam e, principalmente, o planeta perderia, e muito.

Então, vamos torcer para o Kim e o Trump se manterem calmos e quietos e com suas armas travadas, dando uma chance a paz.

MOSTRAR MAIS