Dicas

Tudo que você precisa saber para (não) perder a CNH

O Detran-MA já registrou esse ano 146 ocorrências de perda da carteira de motorista no estado. No mesmo período do ano passado, o número não passou de 100

Tirar a carteira de motorista dá um trabalhão. Além do tempo gasto com aulas práticas e teóricas, estudo e provas, o dinheiro investido acaba pesando no bolso. Depois deste ‘parto’ para conseguir a CNH e finalmente ter um carrinho ou moto para dirigir, PÁ: uma escolha errada na hora errada faz com que o Detran suspenda ou casse a sua carteira.

“Mas o que eu fiz de errado?”

Calma! Isso pode ser evitado. Confia as dicas e utilize-as com sabedoria!

Sua CNH será suspensa se você:

Disputar corrida com espírito de competição;
Promover competições automotivas esportivas sem autorização de autoridade de trânsito;
Executar manobras arriscadas em via pública;
Se envolver em acidente e fugir sem prestar socorro à vítima ou esclarecimentos à autoridade de trânsito;
“Furar” bloqueio rodoviário;
Trafegar em velocidade superior a 50% do que é determinado na via em questão;
Conduzir motocicleta, motoneta ou ciclomotor sem usar equipamentos obrigatórios de segurança;
Somar mais de 20 pontos na carteira no período de 12 meses.

A CNH será cassada quando:

Conduzir veículo mesmo após estar com a carteira suspensa;
Reincidir nas infrações que levam à suspensão da CNH num período menor ao de 12 meses;
For condenado judicialmente por delito de trânsito.

Ranking de infrações

Segundo o Detran-MA, recusar-se a fazer o teste do bafômetro e dirigir sob influência do álcool são as infrações que encabeçam o ranking de irregularidades que mais levaram motoristas a perder a CNH em 2017, no Maranhão.

Conduzir motocicleta, motoneta ou ciclomotor sem utilizar equipamentos de segurança é a terceira maior causa, seguida do transporte de passageiro sem capacete e utilização do veículo para demonstrar manobra perigosa.

Transferência de pontos?

O Detran também está alerta quanto à suposta prática ilegal de transferência de pontos, que consiste em um motorista transferir seus pontos para outro condutor, como forma de impossibilitar sua própria suspensão ou cassação de CNH.

Em nota, o Departamento alegou impossibilidade de se confirmar essa prática e afirmou que “o que pode acontecer é que outro condutor habilitado assume que estava dirigindo o veículo e cometeu a infração. No entanto, isso só é possível nas infrações onde não há identificação do infrator no talonário de multa”.

Perdi a carteira. O que fazer?

Em caso de suspensão da carteira, o condutor deverá aguardar o período determinado na sentença do processo e realizar o curso de reciclagem para então passar, novamente, pela avaliação teórica. Diferentemente, em caso de cassação da carteira, o condutor deverá, após 2 anos, se submeter novamente a todo o processo de obtenção de CNH, incluindo aulas teóricas, práticas e avaliações.

MOSTRAR MAIS