DICA DE EXPERT

Como cuidar da saúde da sua pele em 6 passos

A dermatologista Eline Weba, dá dicas de como manter sua pele sempre bonita e saudável

A saúde da pele tem relação direta com a saúde do organismo como um todo, porque é esse órgão que reveste o corpo humano e o protege das agressões naturais do tempo e do ambiente. Porém, é preciso ter cuidados diários, com uma rotina de hábitos que devem ser inseridos no dia a dia, assim como se dá com a escovação de dentes para se prevenir problemas bucais.

Um dos maiores problemas de pele no Maranhão, assim como em outros estados onde as temperaturas são elevadas o ano inteiro, é a incidência de câncer de pele, provocado pela exposição frequente e excessiva à radiação solar. Para evitar essa e outras doenças, existem alguns cuidados básicos, que dermatologista Eline Weba, do Hapvida Saúde, recomenda para serem seguidos diariamente.
Higiene

A Sociedade Brasileira de Dermatologia recomenda limpeza frequente da pele, principalmente no rosto, pelo menos, duas vezes ao dia, de manhã e à noite. Essa medida evita o acúmulo de oleosidade e resíduos de produtos como maquiagens, além de outros agentes poluentes e poeira. Essa sujeira acumulada na pele entope os poros, o que leva ao surgimento de cravos e espinhas. Além disso, a pele envelhece mais rapidamente se estiver nessas condições.
O ideal é fazer essa limpeza com um sabonete líquido, de preferência, mas é preciso observar o tipo de pele de cada um. Se a pele for oleosa, é bom se usar sabonetes à base de adstringentes e ingredientes que agem mais intensamente na limpeza dos poros. Já para peles secas e normais, melhor optar por sabonetes com pH neutro. Como complemento, pode-se lançar mão de uma loção ou creme de limpeza.

Esfoliação

A esfoliação é um processo fácil e prático de se fazer, muito eficaz na retirada das células mortas. Isso é importante para dar aparência mais viçosa à pele e também estimula a renovação das próprias células. É ideal fazer a esfoliação duas vezes por semana.

Hidratação

Se a pele não estiver hidratada, problemas como descamação, ressecamento e irritações com coceira podem favorecer infecções cutâneas. A hidratação ajuda a manter o viço e a integridade da camada de proteção da pele. Diariamente, é preciso usar hidratantes e saber que existem diferenças entre a pele do rosto e a do restante do corpo. As peles oleosas também precisam de hidratantes, mas chamados de “oil-free”, à base de água. Além da hidratação cosmética, o ideal é que se consuma, no mínimo, dois litros de água por dia.

 Proteção solar

Não importa se você vai passar o dia todo em ambiente interno. O uso de protetor solar é necessário todos os dias, pois a radiação solar é capaz de atravessar algumas barreiras, como a roupa, e, mesmo em curtos períodos de tempo, causar danos à pele. É preciso evitar exposição excessiva ao sol.

Os raios ultravioleta (UV) têm efeito cumulativo e são capazes de provocar várias alterações, como o escurecimento da pele e o surgimento de pintas, sardas, manchas, rugas e outros problemas. A exposição solar em excesso também pode causar tumores benignos (não cancerosos) ou cancerosos, como o carcinoma basocelular, o carcinoma espinocelular e o melanoma.

A exposição ao sol deve ser evitada, principalmente, entre as 10h e 16h, quando a radiação UVB é mais intensa. Use sempre protetor solar com fator de proteção solar (FPS) de 30 ou maior.
Dieta balanceada e vitamina C

Uma alimentação saudável e à base de produtos naturais contribui com a saúde da pele também. É que, quanto mais a dieta for balanceada e levar em conta nutrientes importantes pro organismo, haverá menos reflexos hormonais, que aparecem na pele, em formas de erupções, por exemplo.

Água fria

O ideal é não se tomar banho com água quente, pois isso resseca a pele e causa ferimentos, irritações, coceiras. Esses problemas favorecem a infecção por fungos e bactérias, que agravam o quadro.