RÉVEILLON

Agentes controlam o trânsito na avenida Litorânea

Agentes da Secretaria de Trânsito e Transporte (SMTT), já estão na avenida Litorânea controlando o trânsito para a festa de réveillon

O IMPARCIALONLINE
Agentes da Secretaria de Trânsito e Transporte (SMTT), já estão na avenida litorânea controlando o trânsito para a festa de reveillon, trechos da Avenida Litorânea- Praia do Calhau estará bloqueado até às 3h do dia 1° de janeiro. Os carros que estavam estacionados pela extensão da avenida ja foram retirados para maior translado dos pedestres.
A programação tem início às 18h. O Bloco Akomabu, um dos mais tradicionais da capital, vai abrir a programação de shows no Circuito Lopes Bogéa. Haverá um total de 23 atrações neste circuito, montado no sentido Calhau/São Marcos, próximo ao estabelecimento Casa dos Smiths.
Dentre as apresentações neste circuito estão grupos como Os Apaixonados, Os Gorjeadores, Aruanda, Kanto Kente, Os Tremendões e Turma do Vandico. O encerramento será feito pelas escolas de samba Turma de Mangueira, Unidos de Ribamar, Túnel do Sacavém, Unidos de Fátima e Favela do Samba, escola que mais vezes foi campeã do carnaval maranhense.
No Circuito Cristóvão Alô Brasil, instalado no sentido da pracinha da Avenida Litorânea, na altura do Bar Adventure, haverá shows dos grupos Abibimã, Príncipe de Roma, Omnirá, Os liberais, dentre outros. Os grupos de bumba boi de Maracanã e Nina Rodrigues vão fazer o público sair do chão com o som potente de seus batalhões pesados. A noite de shows deste circuito finaliza com muito samba ao som das baterias das escolas Terrestre do Samba, Mocidade da Ilha, Império Serrano, Marambaia, Turma do Quinto e Flor do Samba.
No Palco Antônio Vieira, montado na pracinha da Avenida Litorânea próximo ao anfiteatro, as apresentações têm início às 19h, com o som do DJ Pedro Sobrinho, esquentando o público para as atrações Maratuque, show de Orberdan Oliveira, grupo Forrozão 10Mantelado, além de grupos afro como Deusas de Olorum, Kayamba e Marabatuk, totalizando 11 atrações.
Na Tenda Pai Euclides, a reverência aos grupos de tambor de crioula e de terreiros tradicionais do estado. O espaço está instalado na pracinha da Avenida Litorânea, sentido São Marcos, e vai receber nove atrações na noite da virada. Dentre as apresentações estão as Caixeiras e os tambores de Mestre Felipe e Mestre Amaral – dois reconhecidos ícones da religiosidade de matriz africana.
VER COMENTÁRIOS
Esportes
Entretenimento e Cultura
Concursos e Emprego
Polícia
Mais Notícias