REVELAÇÕES

Moto negocia mais dois atletas da base

Após a concretização da venda do atacante Valdenilson para o Palmeiras, Papão do Norte tem dois atletas que entraram na mira de empresários

Reprodução

O Moto Club já colhe frutos após a Copa São Paulo de Futebol Júnior 2020. O atacante Valdenilson, de 19 anos, foi negociado com o Palmeiras, e outros dois atletas estão na mira de empresários que são agentes Fifa, que mostraram interesse em negociar os garotos com equipes de outros países.

O presidente do Moto Club, Natanael Jr., revelou que os atletas que despertaram interesse em empresários atuaram como titulares na Copinha e são do setor ofensivo. As negociações correm em sigilo, pois outras equipes do futebol brasileiro também demonstraram interesse nos garotos. “Atualmente qualquer negociação de atletas tem que ter um empresário, pois a Fifa exige. Estes profissionais procuraram a diretoria do clube demonstrando interesse nos atletas e as negociações foram abertas”, revelou o cartola.

Palmeiras x Flamengo x Athletico

As negociações do atacante Valdenilson perduraram por conta do Flamengo e do Athletico, pois além do Palmeiras, as duas equipes entraram na briga pelo atleta, mas a proposta do Verdão foi melhor, o que levou o Papão do Norte a fechar com o time paulista. “A proposta do Palmeiras foi mais atrativa, sem falar que negociamos apenas 50% do Valdenilson, pois em caso de transações futuras, o Moto ainda lucra grande parte dos recursos financeiros”, garantiu Natanael.

Para essa temporada, o presidente motense ainda afirmou que outros três jogadores da base devem ser aproveitados na equipe profissional que disputa as competições de 2020: Campeonato Maranhense, Copa do Brasil e Série C do Campeonato Brasileiro. “A comissão técnica do time profissional avaliou que três atletas têm condições de integrar o grupo e vamos chamá-los para compor o grupo”, finalizou Natanael Jr.

Estes profissionais procuraram a diretoria do clube demonstrando interesse nos atletas e as negociações foram abertas

Última “grande” geração

Em 2006, a “Geração de Palito” foi a última vez que levou o Moto Club a chamar a atenção das grandes equipes do futebol brasileiro. Naquele ano, o “Papãozinho” ficou na sexta colocação da Taça São Paulo de Futebol Júnior.

O grande destaque daquele elenco ficou por conta do jogador Victor Dourado, o Palito, que começou sua carreira com apenas oito anos de idade e levou o Papão às Quartas de final da Copa São Paulo daquele ano. Hoje, o “craque” está próximo de completar 35 anos, pois faz aniversário no dia 18 de fevereiro e está sem clube. Em 2019, Palito atuou pelo Cordino, Maranhão Atlético e Chapadinha, realizando 14 partidas e marcando dois gols.

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Gastronomia
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias