É HOJE!

Tricolor e Timbu fazem a grande final da Série C

Se sair de campo vencedor, o Sampaio será campeão pela quarta vez

Reprodução

Um jogo para testar os corações tricolores e alvirrubros. É esta a expectativa para a partida que vai apontar o campeão brasileiro da Série C, a partir das 16h deste domingo, no Estádio Castelão. De um lado, o Sampaio Corrêa necessitando de uma vitória com três gols de diferença. Do outro, o Náutico-PE, vencedor do primeiro jogo por 3 a 1, e podendo perder até por um gol. A segunda opção que tem  o time tricolor é ganhar por um placar com dois gols de diferença para levar a decisão nas cobranças de “tiros livres da marca penal”. Ocorre que não é isso que a torcida boliviana pretende ver. Afinal, decisão por pênaltis depende muito do momento psicológico e da categoria de quem vai bater. Essa é a opinião geral.

Se sair de campo vencedor, o Sampaio será campeão pela quarta vez. Como se sabe, o Tricolor já levantou o caneco em 72 (Série B), 97 (Série C) e 2012 (Série D). O Timbu ainda não conquistou nenhum título nacional, mas jogadores, comissão técnica e  torcedores estão certos de que esta é uma grande oportunidade que não pode ser desperdiçada. Por isso, apostam no retrospecto do confronto deste ano. Nas quatro oportunidades em que se enfrentaram, o Alvirrubro ganhou todas, tanto em Recife como em São Luís. Além disso, na Série C deste ano não perdeu com três gols de diferença para nenhum adversário.

Reforço e superação

O Sampaio ganhou um reforço de última hora. Paulo Sérgio (zagueiro) foi testado no treinamento de quinta-feira e nada sentiu da lesão muscular contraída há menos de 20 dias. Esta é uma das alterações que fará o treinador João Brigatti. A outra poderá ser na lateral-esquerda, onde Romano pode entrar na vaga de João Vitor.  Outra mudança que pode ocorrer é no meio de campo, com Eloir na vaga de Hulk. O treinador boliviano, no entanto,  não quis adiantar as mexidas, embora estas tenham sido testadas durante a preparação coletiva.

O que vai mudar , realmente, é a forma de jogar. O Sampaio, ao necessitar da vitória será uma equipe bem  mais intensiva até conseguir tirar a vantagem. O técnico João Brigatti reconhece as dificuldades do confronto, mas tem planos para dar a volta por cima: “A situação é difícil, mas não impossível. Nosso elenco já deu exemplos de superação ao longo do campeonato, e eu confio neles para reverter esse placar. Vamos brigar muito por esse título, que será muito importante para todos nós, e principalmente para o Sampaio”, declarou.

Torcida

A venda de ingressos com 50% de descontos, cresceu muito nas últimas horas, segundo informou a diretoria tricolor. Com isso, a previsão é de que o Castelão deverá receber no mínimo 35 mil torcedores. Afinal, os bolivianos são considerados hoje o décimo segundo jogador. Uma grande festa está preparada com a formação de um enorme “mosaico”, a exemplo do que aconteceu no jogo diante do São José RS. (N.P)

Ficha técnica

Sampaio: Andrey; Everton, Odair Lucas, Paulo Sérgio e Vitor (ou Ramon);  Ferreira Hulk (ou Eloir) e Rodrigo Andrade; Esquerdinha, Salatiel Júnior e Roney.

Técnico: João Brigatti

Náutico: Jefferson; Hereda, Diego Silva, Rafael Ribeiro e Wilian Simões; Josa, Jhonnatan e Jean Carlos; Matheus Carvalho, Wallace Pernambucano e Álvaro.

Técnico:Gilmar Dal Pozzo

Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza  (São Paulo-Fifa)

Assistentes: Fabrini Bevilaqua Costa(MG) e Fernanda Nândrea Gomes Antunes (MG).

VER COMENTÁRIOS
Concursos e Emprego
Polícia
Você, Gastrô!
Entretenimento e Cultura
Mais Notícias