PARALIMPÍADAS ESCOLARES

Adversário do Maranhão, ganha do Ceará e antecipa ouro

São Paulo é invicto na competição e encara o Maranhão no seu último jogo nas Paralimpíadas Escolares

São Paulo encara o time do Maranhão nesta sexta-feira, o terceiro lugar ainda está em aberto

São Paulo encara o Maranhão nesta sexta-feira e em caso de vitória ou empate do Maranhão, o time maranhense pode ganhar medalha. No terceiro jogo do Futebol de 5, o Maranhão encarou Minas Gerais mas não alcançou a vitória. Vinicius perdeu um pênalti e o Maranhão conseguiu apenas um ponto no segundo dia de competição. Nesta sexta-feira (23),  o Maranhão encara o time de São Paulo, o melhor da competição.

O Ceará, que ganhou do Maranhão de 5 a 1, teve um jogo mais difícil nesta quinta-feira com São Paulo. O time paulista já colecionava duas vitórias de 6×0 contra o Minas gerais e o Rio Grande do Sul; primeiro e segundo jogo, respectivamente. O terceiro jogo do São Paulo foi o mais difícil até aqui. “A equipe jogou bem na quadra, fizeram o que a gente solicitou nos treinamentos, trocaram passe, aí não tem como, com qualidade técnica acaba fazendo o gol”, disse o treinador de São Paulo, André Vicente.

Com as três vitórias, São Paulo praticamente garantiu o ouro. Já com 9 pontos somados, e com saldo de gols positivos de 14 gols, o Ceará mesmo ganhando não deve alcançar São Paulo, em caso da equipe paulista não vença o Maranhão. O autor dos dois gols da partida, Alefe Nogueira, comemora o desempenho. “Foi gratificante, é muito bom. A emoção é muito grande, a gente estava cansado. No segundo gol, o Samir deu um passe ótimo, todo mundo voltando para marcar, muito emocionante.” Nogueira mira no profissional. “É iniciação [as Paralimpíadas Escolares], prepara você para competições maiores. É importante para o desenvolvimento do atleta.”, disse ao jornal.

Adversário do Maranhão

O Maranhão ainda tem chance de medalha. Tem que torcer para o Rio Grande do Sul perder os próximos jogos e pelo menos empatar com São Paulo no jogo desta sexta-feira.

O time de São Paulo já conhece o time do Maranhão e acredita que o jogo não será fácil. “A gente não esperava dois jogos de 6 a 0. A gente sabia que o time do Ceará ia ser muito díficil, assim como o do Maranhão também, tem o Vinícius, a gente já se enfrenta nas regionais. A gente espera um jogo forte, todo mundo quer ganhar. A gente espera fazer um jogo bom.”, revela o técnico do São Paulo.

VER COMENTÁRIOS
CONTINUAR LENDO
MOSTRAR MAIS