SÉRIE B

Diminui as chances do Sampaio evitar a queda

A guerra ainda não acabou, mas, para o Sampaio escapar do rebaixamento, terá batalhas mais difíceis. Time vai ter que lutar até as últimas rodadas para não cair para a Terceirona

Reprodução

Enquanto há vida, há esperança” (Eclesiastes 9:4). Esta é a expectativa de grande parte da torcida do Sampaio Corrêa, que ainda acredita numa possível reação do time no Campeonato Brasileiro, e na permanência na Série B, mesmo sabendo que a situação está cada vez mais difícil, agora que a competição está se aproximando da reta final.

Com apenas 25 pontos e ocupando a última colocação em consequência da derrota para o Avaí (3 a 1) na noite do último sábado, o Tricolor realmente ainda tem chances matemáticas de escapar da degola, mas vai ter que ganhar pelo menos seis dos dez jogos que ainda restam para ser cumpridos na tabela da Segundona.
O técnico Marcinho Guerreiro, sabendo do grande desafio que terá pela frente, entende que agora é hora de esquecer o que ficou para trás e focar nos próximos jogos. Sábado que vem (29), o Sampaio terá pela frente a equipe do Oeste, na Arena Barueri, interior paulista e, se perder, suas chances ficarão bastante reduzidas. O rebaixamento estará muito mais próximo.
Hoje, o Tubarão já nem depende apenas de si. Além de vencer seus compromissos, ainda tem que ficar torcendo pelo insucesso dos concorrentes diretos. O primeiro time fora da zona de rebaixamento, neste momento, é o Paysandu-PA, com 31 pontos, ou seja, seis a mais que o representante maranhense. Para ultrapassar o bicolor marajoara, o Sampaio necessita de duas vitórias e um empate, desde que o Papão da Curuzu perca todos os seus jogos nesse mesmo período.

A esperança da torcida, no entanto, é que mesmo não conseguindo
o “milagre” de sair do Z4 nos próximos cinco jogos, o Tricolor vá conquistando resultados importantes até escapar na penúltima rodada da competição. Ocorre que, a luta é também contra Boa Esporte (28), CRB (30) e Juventude (31). O time gaúcho só está na zona por ter menor número de vitórias que o Paysandu. Além disso,
outra equipe do Rio Grande do Sul está com 31 pontos, com um degrau acima dos paraenses, pelo critério de desempate, tendo melhor saldo de gols. É o Brasil de Pelotas.
Na próxima rodada, o Sampaio joga com o Oeste, em Barueri. Já o Paysandu atua em casa contra o Goiás; o Juventude recebe o Londrina em Caxias do Sul; o CRB faz o clássico com o CSA, em Maceió, e o Brasil de Pelotas joga hoje em Campinas contra a Ponte Preta. Os demais jogos não mudam na parte de baixo da tabela

VER COMENTÁRIOS
MOSTRAR MAIS